DeAmazônia

MENU
Atualizado em 05/01/2018

Após dois anos, poupança volta a ter captação positiva

O último ano em que os depósitos haviam superado os saques da poupança foi 2014, quando a captação líquida chegou a R$ 24,033 bilhões

Após dois anos, poupança volta a ter captação positiva O resultado positivo de 2017 decorre de depósitos totais de 2,085 trilhões de reais e saques totais de 2,068 trilhões de reais

Após dois anos de fuga da poupança durante a recessão econômica, as cadernetas voltaram a ter captação líquida positiva em 2017, quando os depósitos superaram as retiradas em 17,126 bilhões de reais. De acordo com dados divulgados nesta sexta-feira 5 pelo Banco Central, o resultado foi alcançado graças ao desempenho de dezembro, que foi positivo em 19,373 bilhões de reais. 

 

O último ano em que os depósitos haviam superado os saques da poupança foi 2014, quando a captação líquida chegou a 24,033 bilhões de reais. Após isso, com a crise econômica e a expansão do desemprego, os brasileiros retiraram das cadernetas 53,567 bilhões de reais em 2015 e 40,701 bilhões de reais em 2016 para conseguir fechar suas contas mês a mês. 

 

O resultado positivo de 2017 decorre de depósitos totais de 2,085 trilhões de reais e saques totais de 2,068 trilhões de reais. A poupança vinha registrando retirada líquida de 2,246 bilhões de reais no ano até novembro, mas, em dezembro, os depósitos alcançaram 208,604 bilhões de reais e superaram com folga os saques de 189,231 bilhões de reais do mês passado. 

 

O Banco Central informou ainda que o saldo total de recursos nas cadernetas encerrou dezembro de 2017 em 724,603 bilhões de reais. Os rendimentos da poupança no ano passado totalizaram 42,484 bilhões de reais.

 

Veja.abril.com

Sobe Catracas

ALVARO CAMPELO, vereador de Manaus

Foi o vereador que registrou em 2017 100% de comparecimento às sessões da Câmara

Sobe Catracas

ROMEIRO MENDONÇA, prefeito de Presidente Figueiredo

Após pressão, recuou e garantiu o aumento salarial dos professores municipais reajustado em julho/2017 pelo Governo Federal

Desce Catracas

ALEXANDRE BIANCHINI, presidente da Manaus Ambiental

São inúmeras as reclamações da má prestação de serviço no fornecimento de água em Manaus

Desce Catracas

ANTONIO PONGÓ, prefeito cassado de Caapiranga

Vice prefeito Moisés Filho denunciou Pongó a polícia por ter sacado R$ 1,8 milhão antes de deixar prefeitura  

BASTIDORES