DeAmazônia

MENU
Atualizado em 05/01/2018

Letreiro turístico de Alter do Chão está em fase de conclusão

De acordo com o secretário de Turismo, Pablo Barrudada, ainda faltam outros elementos para que o monumento paisagístico esteja completamente pronto.

Letreiro turístico de Alter do Chão está em fase de conclusão Letreiro turístico de Alter cHão

DEAMAZÔNIA SANTARÉM, PA - Os olhares dos visitantes e turistas em Alter do Chão estão voltados para um novo atrativo que compõe o paisagismo da vila balneária. Desde a entrega da pintura do letreiro de identificação turística de Alter, que aconteceu na quarta-feira (3), um número crescente de pessoas já faz circular nas redes sociais registros fotográficos no monumento turístico.

 

O projeto da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur), da Prefeitura de Santarém, intitulado "As cores do Amor", visa divulgar, através de caracteres e ícones inerentes aos aspectos turísticos, que identificam Alter do Chão, com a frase "EU AMO ALTER" de forma estilizada.

 

De acordo com o secretário de Turismo, Pablo Barrudada, ainda faltam outros elementos para que o monumento paisagístico esteja completamente pronto.

 

"Sabíamos do grande impacto visual que a identificação turística causaria, por isso mesmo somente com a pintura, foi liberado para que as pessoas pudessem fazer seu registro fotográfico, mesmo ainda não concluído. Para a conclusão do projeto, faltam a iluminação e a jardinagem do local que deixarão ainda mais belo o letreiro", explicou

Sobe Catracas

DR DANIEL VASCONCELOS, vereador de Manaus

Defendeu ações preventivas de combate ao bullying nas escolas de Manaus para o bem estar e saúde dos alunos

Sobe Catracas

LUIZ CLÁUDIO CHAVES, juiz de Tefé

Mandou prefeito Normando Bessa tapar buracos das ruas sob pena de multa diária de R$ 50 mil

Desce Catracas

DAVID BRANDÃO, comandante da PM do AM

Boa Vista do Ramos, cidade com 18 mil habitantes, possui apenas quatro políciais militares para a segurança 

Desce Catracas

CHICO ALFAIA, prefeito de Óbidos

Moradores da comunidade de Cipoal, em Óbidos, realizaram protesto por estarem a 40 dias sem água

BASTIDORES