DeAmazônia

MENU
Atualizado em 04/01/2018

Governo do Amazonas vai pagar nova parcela do abono aos professores

O professor Lourenço Braga, anunciou o abono nesta quinta-feira, (04)

Governo do Amazonas vai pagar nova parcela do abono aos professores A quinta parcela será paga no dia 17 de janeiro - Foto: Divulgação

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Por determinação do governador Amazonino Mendes, que prometeu boas notícias para a educação em 2018, os profissionais do Magistério (professores e pedagogos) vão receber mais uma parcela do abono do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

 

A quinta parcela será paga no dia 17 de janeiro e faz parte do plano de valorização dos profissionais da Educação. “O governador Amazonino Mendes autorizou a liberação do abono, pois ele entende que os professores e pedagogos são merecedores desse recurso que é deles por lei”, explicou o secretário de Estado de Educação, professor Lourenço Braga, ao anunciar o abono nesta quinta-feira, dia 4 de janeiro.

 

Os valores dessa quinta parcela do abono, referente às sobras do Fundeb 2017, ficarão entre R$ 1 mil e R$ 1,2 mil para cada 20 horas (por cadeira). Ou seja, o servidor que trabalha 40 horas ganha o dobro e aquele que possui 60 horas receberá o triplo. Essa é a quinta parcela de um abono que começou a ser pago ano passado.

 

Os professores e pedagogos foram beneficiados desde agosto de 2017, quando o governo Federal enviou, ao Amazonas, R$ 236 milhões de sobras do Fundeb.

 

Na época, os profissionais que atuam com carga horária de 20 horas receberam R$ 6,7 mil e os que trabalham com 40h e 60 horas, receberam o dobro e o triplo.

Sobe Catracas

ALVARO CAMPELO, vereador de Manaus

Foi o vereador que registrou em 2017 100% de comparecimento às sessões da Câmara

Sobe Catracas

ROMEIRO MENDONÇA, prefeito de Presidente Figueiredo

Após pressão, recuou e garantiu o aumento salarial dos professores municipais reajustado em julho/2017 pelo Governo Federal

Desce Catracas

ALEXANDRE BIANCHINI, presidente da Manaus Ambiental

São inúmeras as reclamações da má prestação de serviço no fornecimento de água em Manaus

Desce Catracas

ANTONIO PONGÓ, prefeito cassado de Caapiranga

Vice prefeito Moisés Filho denunciou Pongó a polícia por ter sacado R$ 1,8 milhão antes de deixar prefeitura  

BASTIDORES