DeAmazônia

MENU
Atualizado em 02/01/2018

Advogados alegam que Melo corre perigo se for para presídio comum

Justiça pediu que MPF se manifeste se ex-governador deve ou não ser transferido

Advogados alegam que Melo corre perigo se for para presídio comum Ex- governador José Melo

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Os advogados do ex-governador José Melo (PROS) defendem que ele não pode ser transferido para o presídio comum por insegurança no sistema carcerário. No final do ano de 2016, houve um massacre no Complexo Anisio Jobim, com a morte de mais de 50 detentos. Havia previsão de Melo ser transferido hoje terça-feira (02/18), da sede da Polícia Federal, em Manaus.

 

Nesta segunda-feira (01/18) a juíza federal plantonista Jaiza Fraxe despachou o caso para que o Ministério Público Federal se manifeste sobre a decisão de o ex-governador continuar na sede da Policia Federal ou ser transferido para o presídio.

 

“A presença deles lá poderia desencadear uma rebelião entre os presos, colocando em chegue a segurança não só do Melo, mas de outros presos. Além disso, a polícia teria maior facilidade para tirar as dúvidas que precisarem. Ele poderia continuar colaborando”, disse para A CRITICA,  o advogado de Melo, José Cavalcanti Júnior.

 

O ex-governador do Amazonas, José Melo (PROS) está na sede da Polícia Federal com outros ex-secretários de seu governo, que também retornaram a cadeia: Wilson Alecrim (Susam),  Afonso Lobo (Sefaz) e Evandro Melo (Sead).

 

A juíza federal Ana Paula Serizawa foi quem decidiu pela volta deles a prisão no dia 31 de dezembro, em atendimento ao pedido do Ministério Público Federal. Aliás, o MPF contestou a soltura do ex-governador feita pelo juiz federal plantonista Ricardo Sales.

 

Melo foi preso no dia 21 de dezembro na operação da Polícia Federal, denominada Estado de Emergência, por desvio de recursos na saúde e foi solto no dia 26.

DEAMAZONIA.COM.BR  

Sobe Catracas

ENNIO CANDOTTI, diretor do Museu da Amazônia (Musa)

Professor receberá nesta quarta (21), na Aleam, o Título de Cidadão do Amazonas

Desce Catracas

RODRIGO TOBIAS, secretário de Saúde do AM

Serviço de aerotaxí com UTI móvel para transportar doentes do interior para Manaus não funciona, com implantação do sistema via internet