DeAmazônia

MENU
Atualizado em 28/12/2017

A reeleição de Temer

Depois de se tornar o presidente mais impopular da história e conseguir obter a maior reprovação dos brasileiros, Michel Temer ensaia sair candidato em 2018

A reeleição de Temer Presidente Temer

DEAMAZÔNIA BRASÍLIA  -Acreditem. Temer pode ser candidato à reeleição. Depois de se tornar o presidente mais impopular da história e conseguir obter a maior reprovação dos brasileiros, Michel Temer ensaia sair candidato em 2018. É o que diz a coluna opinião do jornal Correio Braziliense desta quinta-feira (28/12).

 

A nota apresenta números da economia e termina zoando do PT, partido que tem como pré-candidato em 2018, o ex presidente Lula, que lidera as pesquisas de intenção de voto.   

 

A nota diz o seguinte: "Taxa de juros mais baixa da história. Menor inflação dos últimos 20 anos. Níveis de empregabilidade melhorando. Saída da pior recessão econômica da história. Economia em ciclo ascendente. PIB melhorando aos poucos. Não há razões para o presidente Temer evitar a candidatura à reeleição – com justiça, diga-se de passagem. Competência, sim; IncomPTência, não.”

 

Até o mês passado, não se cogitava no Planalto a possibilidade da reeleição de Temer. Tanto é que aliados do governo como o ministro Henrique Meirelles, do PSD e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, do DEM, já ensaiavam uma candidatura a presidente.  

CONTATO COM A COLUNA BASTIDOR |

(92) 99229 9931 WhatsApp

deamazonia3gmail.com

DEAMAZONIA.COM.BR 

 

Sobe Catracas

MARIA CLÁUDIA ALENCAR, fotógrafa

Manauara é a única fotógrafa brasileira no 22º Circuito Internacional de Arte Brasileira e terá suas fotos expostas na Eslováquia

Sobe Catracas

MAYRA DIAS, miss Brasil 2018

Amazonense atuante na luta pela preservação da Amazônia, foi condecorada nova embaixadora da Fundação Amazonas Sustentável (FAS)

Desce Catracas

NÉLIO AGUIAR, prefeito de Santarém

A poucos dias do Çairé 2018, a praça de Alter do Chão está abandonada e monumentos sem manutenção

Desce Catracas

JOEL LOBO, ex-prefeito do Careiro Castanho

Foi condenado pelo TCU a devolver R$ 200 mil ao Tesouro Nacional por contas julgadas irregulares quando foi prefeito 

BASTIDORES