DeAmazônia

MENU
Atualizado em 27/12/2017

Ministro do Trabalho pede demissão

Ronaldo Nogueira quer se dedicar à campanha para deputado federal. Gestão foi marcada por volta da criação de empregos, nova lei trabalhista e tentativa de mudar fiscalização do trabalho escravo

Ministro do Trabalho pede demissão Ronaldo Nogueira (Agencia Brasil)

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, pediu demissão do cargo nesta quarta-feira (27). A informação foi confirmada pelo Palácio do Planalto.

 

O anúncio foi feito após uma reunião entre Nogueira e o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto, na tarde desta quarta. Também participaram do encontro o presidente do PTB, Roberto Jefferson, e o líder do partido na Câmara dos Deputados, Jovair Arantes. Gaúcho, Nogueira é filiado ao PTB.

 

A reunião não estava na agenda de Temer, mas foi incluída após o Planalto confirmar que Nogueira havia pedido demissão.

 

De acordo com a GloboNews, o agora ex-ministro alegou razões pessoais para entregar o cargo. Deputado federal licenciado, Nogueira pretende se dedicar à campanha para reeleição.

 

O cargo de ministro do Trabalho, porém, deve continuar com o PTB. O partido indicou o nome do deputado federal Pedro Fernandes, do Maranhão. No fim da tarde desta quarta, o Planalto informou que o nome do novo ministro ainda não está definido.

 

Informações G1.globo.com

Sobe Catracas

PASTORA LEAL, presidente do TRT/8ª Região

Desembargadora foi homenageada na sede do TST, em Brasília, com medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho

Desce Catracas

JARDEL VASCONCELOS, prefeito de Monte Alegre (PA)

Conselho de Ética e Transparência Administrativa Municipal (Copetramma) protocolou pedido de cassação dele na Câmara por suposta fraude em licitação