DeAmazônia

MENU
Atualizado em 21/12/2017

Ex-prefeito foragido tem prisão convertida em preventiva

Magalhães teve prisão decretada pela Justiça na segunda-feira (11)

Ex-prefeito foragido tem prisão convertida em preventiva

DEAMAZÔNIA COARI, AM - O ex-prefeito de Coari, Raimundo Magalhães, teve a prisão temporária convertida em prisão preventiva. A Justiça decretou a prisão dele na segunda-feira (11/12). O ex-prefeito é dado como foragido.

 

A Polícia Civil do Amazonas não conseguiu cumprir o mandado de prisão expedido pelo juiz Fábio Alfaia. Ao chegarem a residência de Magalhães, um condomínio de Luxo, em Manaus, encontraram a casa abandonada e toda revirada.

 

O ex-prefeito teve a prisão decretada a pedido do Ministério Público. A representação do MP/AM aponta superfaturamento na aquisição de combustível para a Prefeitura no ano de 2016. Magalhães gastou o valor R$ 1.225.964,23 (um milhão, duzentos e vinte e cinco mil, novecentos e sessenta e quatro reais e vinte e três centavos).

Sobe Catracas

DR DANIEL VASCONCELOS, vereador de Manaus

Defendeu ações preventivas de combate ao bullying nas escolas de Manaus para o bem estar e saúde dos alunos

Sobe Catracas

LUIZ CLÁUDIO CHAVES, juiz de Tefé

Mandou prefeito Normando Bessa tapar buracos das ruas sob pena de multa diária de R$ 50 mil

Desce Catracas

DAVID BRANDÃO, comandante da PM do AM

Boa Vista do Ramos, cidade com 18 mil habitantes, possui apenas quatro políciais militares para a segurança 

Desce Catracas

CHICO ALFAIA, prefeito de Óbidos

Moradores da comunidade de Cipoal, em Óbidos, realizaram protesto por estarem a 40 dias sem água

BASTIDORES