DeAmazônia

MENU
Atualizado em 21/12/2017

Ex-prefeito foragido tem prisão convertida em preventiva

Magalhães teve prisão decretada pela Justiça na segunda-feira (11)

Ex-prefeito foragido tem prisão convertida em preventiva

DEAMAZÔNIA COARI, AM - O ex-prefeito de Coari, Raimundo Magalhães, teve a prisão temporária convertida em prisão preventiva. A Justiça decretou a prisão dele na segunda-feira (11/12). O ex-prefeito é dado como foragido.

 

A Polícia Civil do Amazonas não conseguiu cumprir o mandado de prisão expedido pelo juiz Fábio Alfaia. Ao chegarem a residência de Magalhães, um condomínio de Luxo, em Manaus, encontraram a casa abandonada e toda revirada.

 

O ex-prefeito teve a prisão decretada a pedido do Ministério Público. A representação do MP/AM aponta superfaturamento na aquisição de combustível para a Prefeitura no ano de 2016. Magalhães gastou o valor R$ 1.225.964,23 (um milhão, duzentos e vinte e cinco mil, novecentos e sessenta e quatro reais e vinte e três centavos).

Sobe Catracas

ALVARO CAMPELO, vereador de Manaus

Foi o vereador que registrou em 2017 100% de comparecimento às sessões da Câmara

Sobe Catracas

ROMEIRO MENDONÇA, prefeito de Presidente Figueiredo

Após pressão, recuou e garantiu o aumento salarial dos professores municipais reajustado em julho/2017 pelo Governo Federal

Desce Catracas

ALEXANDRE BIANCHINI, presidente da Manaus Ambiental

São inúmeras as reclamações da má prestação de serviço no fornecimento de água em Manaus

Desce Catracas

ANTONIO PONGÓ, prefeito cassado de Caapiranga

Vice prefeito Moisés Filho denunciou Pongó a polícia por ter sacado R$ 1,8 milhão antes de deixar prefeitura  

BASTIDORES