DeAmazônia

MENU
Atualizado em 15/12/2017

MPF pede que Justiça casse mandato de Jair Souto, de Manaquiri

O motivo é a construção de um biblioteca inaugurada com recursos do Ministério da Defesa

MPF pede que Justiça casse mandato de Jair Souto, de Manaquiri Jair Souto, prefeito de Manaquiri

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O Ministério Público Federal solicitou que a Justiça Federal casse o mandato do prefeito de Manaquiri, Jair Souto (PMDB), e que ele perca também seus direitos políticos por um prazo de oito anos. Além do prefeito, o procurador da República, Thiago Pinheiro Corrêa, na mesma ação, pede a condenação de João Lúcio Galvão Gonçalves, Sigma Engenharia Consultoria Ltda e Fernando Oswaldo Cunha Filho. Todos são acusados de crime de improbidade administrativa.

 

O motivo foi que o prefeito, na gestão de 2010, deixou a obra de uma biblioteca, construída com recurso do Ministério da Defesa, inacabada. Em fiscalização do Ministério da Defesa constatou-se que portas, telhado, por exemplo, usado na construção da obra, eram inadequados. O prédio também não tinha forro e mesmo assim foi inaugurado. O valor do convênio foi de R$ 525 mil.

 

O Tribunal de Contas da União também verificou irregularidades na aplicação dos recursos federais.  

 

O engenheiro João Lúcio Galvão Costa foi denunciado a Justiça Federal por ser o autor do projeto e responsável pela fiscalização da obra da biblioteca de Manaquiri.

 

O MPF pede a perda dos cargos públicos de todos os acusados e que seja imputada multa a eles, por um prazo de três anos, além da suspensão dos direitos políticos por oito anos. O procurador deu entrada com o pedido no dia 30 de novembro.

VEJA A REPRESENTAÇÃO DO MPF

jair s

CONTATO COM A COLUNA BASTIDORES

deamazonia3@gmail.com

(92) 99229 8831 WhatsApp

DEAMAZONIA.COM.BR

 

Sobe Catracas

MARIA CLÁUDIA ALENCAR, fotógrafa

Manauara é a única fotógrafa brasileira no 22º Circuito Internacional de Arte Brasileira e terá suas fotos expostas na Eslováquia

Sobe Catracas

MAYRA DIAS, miss Brasil 2018

Amazonense atuante na luta pela preservação da Amazônia, foi condecorada nova embaixadora da Fundação Amazonas Sustentável (FAS)

Desce Catracas

NÉLIO AGUIAR, prefeito de Santarém

A poucos dias do Çairé 2018, a praça de Alter do Chão está abandonada e monumentos sem manutenção

Desce Catracas

JOEL LOBO, ex-prefeito do Careiro Castanho

Foi condenado pelo TCU a devolver R$ 200 mil ao Tesouro Nacional por contas julgadas irregulares quando foi prefeito 

BASTIDORES