DeAmazônia

MENU
Atualizado em 07/12/2017

Ministro lança programa “Internet para Todos” no AM

Criado para ampliar o acesso à internet banda larga, programa terá apoio do governo estadual, anunciou Amazonino Mendes

Ministro lança programa “Internet para Todos” no AM (Fotos: Clóvis Miranda)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O programa “Internet para Todos”, do Governo Federal, terá a coordenação do Governo do Amazonas para facilitar o acesso dos municípios do estado ao serviço de internet banda larga, que estará disponível a partir de janeiro de 2018. O programa foi lançado nesta quinta-feira (07/12) pelo ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, em solenidade com a presença do governador Amazonino Mendes, parlamentares e prefeitos municipais.

 

“É uma alegria estar aqui no estado do Amazonas trazendo esse programa tão importante que o Governo Federal implanta a partir de hoje em todo o território brasileiro”, destacou Kassab ao destacar que o Amazonas inaugura o “Internet para Todos”, considerado uma iniciativa de inclusão social por possibilitar levar conectividade às localidades sem internet banda larga.

 

Segundo estimativa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), o programa vai alcançar 40 mil escolas, hospitais e postos de saúde em 500 municípios de todas as regiões do país.

 

Para o governador Amazonino Mendes, o programa reduz o isolamento da região e contribui para ampliar políticas de Governo nas áreas de educação e saúde. “Esse programa é libertador, ele integra, é muito importante para a juventude. Vamos deixar de ser Robinson Crusoé (personagem de romance inglês que viveu isolado por muitos anos). Vamos nos integrar, toda sociedade, e em algo que é fundamental, que começamos lá atrás, com tecnologia insipiente, mas que agora pode ser mais eficaz, que é o ensino à distância”, disse o governador ao se referir ao Centro de Mídias da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

 

Atualmente, o Centro de Mídias atende 40 mil alunos e com a ampliação da oferta de internet banda larga, segundo o governador, poderá ter esse número triplicado. Amazonino Mendes também destacou a possibilidade que uma internet banda larga oferece na área da saúde. “Temos a questão da saúde pública, isso (o programa) vai facilitar, porque hoje nós temos muita dificuldade, o Brasil todo tem, de levar saúde para interior. Com a internet, tudo pode ser monitorado e o atendimento facilitado”, afirmou.

 

Os municípios que tiverem interesse em aderir ao “Internet para Todos”, segundo o governador, terão todo o apoio do Estado. “Eu quero me dispor, dando prioridade absoluta, para que cada prefeitura receba total apoio do Governo. Se uma prefeitura disser que não tem condições de colocar uma antena, é comigo mesmo, faço na hora, essa é nossa modesta contribuição a essa magnífica inciativa do governo brasileiro, que quero saudar e elogiar na pessoa do ministro Kassab”, destacou Amazonino.

 

Também participaram da solenidade de lançamento do programa, o senador Omar Aziz, os deputados federais Átila Lins e Pauderney Avelino, e os deputados estaduais Josué Neto, Dermilson Chagas e Wanderley Dallas, além de prefeitos municipais.

 

Adesão das prefeituras 

De acordo com o ministro Kassab, a prefeitura que tiver interesse em aderir ao programa, exclusivo para áreas em que não há conectividade, deve primeiramente encaminhar pedido de adesão, por meio do Governo do Estado, ao MCTIC. Deve, ainda, ter o local onde a antena será instalada e assumir os custos com a segurança e energia elétrica, além de encaminhar projeto à  Câmara Municipal para aprovar isenção do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) para a operação do programa.

 

Segundo o ministro, o usuário terá que pagar uma taxa que, segundo ele, ficará bem abaixo da cobrada atualmente no mercado de internet banda larga.

 

A conexão será feita por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), lançado ao espaço em maio deste ano, e pelo programa Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac).

 

O Gesac é uma iniciativa do MCTIC que oferece gratuitamente conexão à internet em banda larga – por via terrestre e satelital – a telecentros, escolas, hospitais e postos de saúde, aldeias indígenas, postos de fronteira e quilombos. Ele é direcionado, prioritariamente, para regiões remotas e em situação de vulnerabilidade social.

 

Já o SGDC é parte do esforço do governo federal para ampliar o acesso à internet banda larga no país. Lançado em 4 de maio deste ano, é o primeiro satélite geoestacionário brasileiro de uso civil e miliar. O projeto é fruto de uma parceria entre o MCTIC e o Ministério da Defesa, com investimentos estimados em R$ 2,7 bilhões. A previsão é que ele seja operacional por 18 anos.

Sobe Catracas

FRANCISCO DEODATO, secretário da Susam

Estado fechou acordo com todas as cooperativas e empresas que prestam serviços a hospitais e demais unidades de saúde em Manaus

Sobe Catracas

FRANSUÁ MATOS, vereador de Manaus

Recebeu o Prêmio Destaque Brasil América por se destacar durante o ano de 2017, com atividades compromissadas com questões sociais e sustentáveis 

Desce Catracas

DAVID BRANDÃO, comandante geral da PM/AM

Onda de criminalidade assusta moradores de Coari que tem efetivo reduzido para trabalhar

Desce Catracas

WILSON ALECRIM, ex-secretário da Susam

Foi preso em operação da polícia federal acusado de desvio de recursos da saúde

BASTIDORES