DeAmazônia

MENU
Atualizado em 06/12/2017

Bosco Saraiva assume presidência do Solidariedade nesta quinta (07/12)

Bosco de desfilia do PSDB

Bosco Saraiva assume presidência do Solidariedade nesta quinta (07/12) Bosco Saraiva é vice governador e secretário Estadual de Segurança

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O vice-governador do Amazonas, Bosco Saraiva, formaliza nesta quinta-feira (7/12) filiação ao Solidariedade. O presidente nacional da legenda, deputado federal Paulinho da Força Sindical, estará em Manaus para selar o ingresso do vice-governador ao partido. O evento ocorrerá, às 10 horas, no Da Vinci Hotel & Conventions, localizado na Rua Belo Horizonte, Adrianópolis.
 
 
Eleito vice-governador do Amazonas na chapa que elegeu Amazonino Mendes na eleição suplementar deste ano, Bosco Saraiva acertou sua desfiliação do PSDB no dia 22 de novembro. Ele vai assumir a presidência do Solidariedade no Estado.
 
 
A saída do PSDB ocorre de forma amigável e foi tratada pessoalmente com o prefeito Arthur Virgílio Neto. “A saída do PSDB se dá de forma altamente amigável numa conversa fraterna com meu amigo, o presidente Arthur Virgílio, que compreendeu e participou da minha saída.
 
 
 
O PSDB é um partido maravilhoso que me acolheu tão bem. Foi lá que eu pude me reeleger vereador de Manaus, ser presidente da Câmara, me eleger deputado estadual e vice-governador”, afirmou Saraiva, que atualmente é também Secretário de Segurança Pública.
 
 
 

Sobe Catracas

NÉLIA CAMINHA, desembargadora

Foi reconduzida ao cargo de presidente da 3ª Câmara Cível do TJAM, por aclamação, para mais dois anos, até 2020

Sobe Catracas

JOÃO BARROSO, procurador geral do MPC

Tomou posse hoje (16) como procurador-geral do Ministério Público de Contas (MPC) para o biênio 2018-2020

Desce Catracas

MARÍLIA MENDONÇA, cantora sertaneja

MP recomendou que artista não cante no aniversário de Coari sob pena de incorrer improbidade administrativa 

Desce Catracas

ROBERTO TADROS, presidente da Fecomércio-AM

Matéria da Folha de SP aponta fragilidade e baixa rotatividade na federação do AM, por dirigente estar a 32 anos no cargo

BASTIDORES