Domingo, 20 de setembro de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 22/10/2015

Sem dinheiro para pagar o décimo, prefeitos ouvem mais cortes do Governo

Sem dinheiro para pagar o décimo, prefeitos ouvem mais cortes do Governo Governador reuniu com os prefeitos do interior

 

deAMAZONIA, MANAUS, AM - O encontro do governador José Melo (Pros), com os prefeitos do Interior frustrou a expectativa da maioria que esperava um acalanto do Estado. Mas os prefeitos ouviram que precisam economizar mais, fazer mais cortes e que o Estado não tem dinheiro em caixa para socorrer os municípios, neste momento de crise.  A reunião aconteceu no auditório Vasco Vasques. Foi um encontro de cinco horas que iniciou às 8h e encerrou às 13h.

 

Mais de 50 prefeitos, segundo a Associação Amazonense de Municípios participaram da reunião com o governador. Melo disse aos prefeitos que os convênios já firmados, terão andamentos e os que não foram finalizados, serão reavaliados. O clima era desolação e aflição.

 

Por isso, muitos prefeitos estão tomando o rumo de Brasília. É o caso prefeito de Manacapuru, Jaziel Tororó (PSC). Ele nem compareceu a reunião com Melo e embarcou na tarde desta quinta-feira para falar com deputados e senadores. Tororó teria sido informado antes que o encontro seria mais “uma palestra” do governador aos prefeitos. “Não fui à reunião com o governador. O que soube de lá é que ele orientou os prefeitos a fazer cortes, e a economizar. Estou indo a Brasília correr atrás de verbas para o meu município”, disse Tororó, por telefone ao blog deAmazônia.

 

Na reunião, a maioria dos prefeitos estava apreensiva quanto ao fechamento da folha para pagar o 13º salário. O comentário reservado entre eles é de que muitas Prefeituras não terão dinheiro para pagar o décimo.

 

No desespero, um dos prefeitos, chegou a fazer um apelo ao governador. Ele pediu que o Estado socorresse as Prefeituras com 1% do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) para ajudar a pagar o aporte do 13º salários dos servidores. Inviável.

   

“A questão do pagamento do 13o. salário depende do administrador. Eu me programei para pagar. Se não houver nem uma válvula que atrapalhe o pagamento do 13º essa questão para mim já está assegurado na minha cidade. Mas muitos prefeitos reclamaram lá que não tem como pagar”, disse ao blog deAmazônia o prefeito de Boa Vista do Ramos, Amintas Junior (PMDB).

 

Com um rombo nas contas do governo da presidente Dilma de R$ 70 bilhões,  a luz vermelha de alerta foi acionada. E se o Estado não fizer uma rede com todas as prefeituras até a tempestade passar, a tendência é a crise piorar no Amazonas. E Melo avisou aos prefeitos que a luz foi acessa.  

WWW.DEAMAZONIA.COM.BR

Tags:

Sobe Catracas

ORMY DA CONCEIÇÃO BENTES, desembargadora do AM

Magistrada foi eleita presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT11), para biênio 2020/2022

Desce Catracas

CHICO COSTA, ex-prefeito de Carauari

TCE-AM multou o ex-prefeito em R$134,6 mil por convênio irregular firmado com a Seduc em 2014