DeAmazônia

MENU
Atualizado em 13/11/2017

3ª Vara do Tribunal do Júri condena autor de homicídio que vitimou sargento da Polícia Militar

O crime ocorreu em maio de 2015, numa tentativa de roubo a um condomínio onde o policial trabalhava como vigia.

3ª Vara do Tribunal do Júri condena autor de homicídio que vitimou sargento da Polícia Militar 3ª Vara do Tribunal do Júri condena autor de homicídio que vitimou sargento da Polícia Militar. Foto: arquivo/TJAM

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O Conselho de Sentença da 3ª Vara do Tribunal do Tribunal do Júri julgou e condenou, nesta quinta-feira (9), em sessão realizada no Fórum Ministro Henoch Reis, no bairro de São Francisco, um dos autores da morte do sargento da Polícia Militar Elcy Lima da Silva, 49 anos, atingido com três tiros na noite do dia 6 de maio de 2015, na avenida do Turismo, no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

 

Conforme a ação do Ministério Público do Amazonas, baseado no inquérito produzido pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), três pessoas teriam participado do crime, que começou com um roubo e terminou na morte do sargento: Everton Ricardo Lima, Rodrigo Pereira Melo e Romário Correa Chaves.

 

Durante o processo, no entanto, o juiz titular da 3ª Vara do Tribunal do Júri suspendeu a ação que tramitava contra o acusado Rodrigo Pereira Melo em virtude de o mesmo estar foragido da justiça. Desta forma, o júri incluiu somente os acusados Everton Ricardo Lima e Romário Correa Chaves.

Durante o julgamento desta quinta-feira, o promotor de justiça Rogério Marques Santos pediu a absolvição do réu Everton Ricardo Lima, alegando   não ter encontrado indícios de participação dele no crime. Porém, pediu a condenação de Romário Correa Chaves pelos crimes de homicídio qualificado, roubo tentado e furto qualificado. O Conselho de Sentença acatou a tese do promotor,  absolveu Everton e condenou Romário a 14 anos de reclusão em regime fechado. Romário já estava preso no regime fechado e assim vai permanecer.

 

O crime

De acordo com o inquérito policial, os indiciados foram até a rua Sardinha, bairro Tarumã, na zona Oeste de Manaus, para roubar objetos e um veículo de uma residência. Porém, ao pular o muro, o alarme da casa soou e afugentou os elementos. Na fuga, eles se depararam com o vigia do condomínio, o sargento Elcy Lima da Silva, que dirigia uma motocicleta. Ele reagiu e acabou sendo baleado e morto pelos assaltantes, que ainda teriam levado sua arma e a motocicleta.

 

                                    

 

Sobe Catracas

CABO MARCELO, vereador de Rio Preto da Eva

Vereador que votou contra o aumento das taxas de iluminação pública, IPTU e de água denuncia cobrança abusiva

Sobe Catracas

ADELSON ALBUQUERQUE, ex-presidente do Boi Garantido

SEC comunicou ao TCE aprovação das contas dele na gestão do Garantido, em 2017

Desce Catracas

ALESSANDRA CAMPÊLO, deputada estadual (PMDB-AM)

Empresa pertencente ao marido dela é acusada de superfaturar serviços com a Susam

Desce Catracas

ADAIL FILHO, prefeito de Coari

MP pediu afastamento imediato dele do cargo, perda de mandato, e devolução de R$ 2,7 por acordo de fachadas com empresas

BASTIDORES