DeAmazônia

MENU
Atualizado em 25/10/2017

PDT/AM repudia violência contra mulher e diz que Chiquinho não é mais presidente

PDT acionou Comissão de Ética do Partido

PDT/AM repudia violência contra mulher e diz que Chiquinho não é mais presidente  Direção Estadual do PDT pediu rigor da polícia na apuração de violência contra cabeleireira

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - A direção do Partido Democrático Trabalhista Estadual (PDT/AM) publicou Nota reprovando publicamente a atitude de um de seus filiados o empresário parintinense Chiquinho Vasconcelos, o Chiquinho da Auto Peças, acusado na polícia de agredir verbalmente e com um soco no rosto a cabeleireira Geovana Gomes, na manhã do dia 24 de outubro, em frente ao Supermercado Baranda, em Parintins ( a 325 quilômetros de Manaus) .

 

“ O ato afronta a sociedade parintinense e, sobretudo, a política de gênero que o partido defende em favor da mulher”, afirma o PDT Estadual em trecho da nota, assinada pelo vice presidente e fundador da legenda, Stones Machado.

 

 

O PDT do Amazonas informa ainda que Chiquinho da Auto Peças não responde mais pela presidência do PDT em Parintins e pede que a polícia apure com rigor o ato, ‘doa a quem doer’’

 

O partido estadual informou também  que  a Comissão de Ética do PDT já entrou em ação para apurar o caso,  e se ficar comprovada a denuncia, Chiquinho poderá ser expulso do partido.

 

ENTENDA____

Chiquinho da Auto Peças diz que Geovana Gomes deixou um débito de aluguel de um ponto comercial, de propriedade dele e a levou a Justiça. Geovana afirma que o empresário a calunia e que ela pagou todos os débitos e que tem documentos como provas. Ao se encontrarem em frente ao supermercado, testemunhas contaram que Chiquinho chamou a cabeleireira,  que estava na companhia do filho menor de 14 anos, por várias vezes, de "vagabunda, caloteira e pineira", segundo consta no boletim de ocorrência policial. 

 

Geovana foi tirar satisfação e desferiu tapa no rosto de Chiquinho da Auto Peças que revidou com um soco no rosto da cabeleireira que caiu ao chão.   

 

NOTA DO PDT/AM

 

DIREÇÃO DO PDT ESTADUAL REPUDIA VOLENCIA CONTRA A MULHER

 

O PDT Amazonas na pessoa de um dos seus fundadores, o Vice-presidente Stones Machado, manifestou total indignação, reprovando publicamente a atitude de um dos seus filiados no município de Parintins, o senhor Francisco Vasconcelos, que segundo as informações circulantes, agrediu verbal e fisicamente a senhora Geovana Gomes, acometendo ato que afronta a sociedade Parintinense e, sobretudo, a política de gênero que o partido defende em favor dos Direitos da mulher.

 

O mais grave ainda é tentar colar tal ato de barbarismo com a prática do governo Amazonino Mendes.

 

Ademais, a direção estadual do PDT Amazonas esclarece que neste momento, o partido promove um novo reordenamento no processo de sua organização por todo o Estado e que o senhor Francisco Vasconcelos não responde pela direção do PDT em Parintins e que o caso deva ser apurado rigorosamente pela polícia doa a quem doer, assim como não compactuamos com a corrupção na política também não aceitamos a violência como regra em qualquer circunstância.

 

STONES MACHADO

Vice-Presidente  

______________________ 

 

DEAMAZONIA.COM.BR

Sobe Catracas

CABO MARCELO, vereador de Rio Preto da Eva

Vereador que votou contra o aumento das taxas de iluminação pública, IPTU e de água denuncia cobrança abusiva

Sobe Catracas

ADELSON ALBUQUERQUE, ex-presidente do Boi Garantido

SEC comunicou ao TCE aprovação das contas dele na gestão do Garantido, em 2017

Desce Catracas

ALESSANDRA CAMPÊLO, deputada estadual (PMDB-AM)

Empresa pertencente ao marido dela é acusada de superfaturar serviços com a Susam

Desce Catracas

ADAIL FILHO, prefeito de Coari

MP pediu afastamento imediato dele do cargo, perda de mandato, e devolução de R$ 2,7 por acordo de fachadas com empresas

BASTIDORES