DeAmazônia

MENU
Atualizado em 17/07/2017

Dos 225 presos fugitivos de presídios, 78 ainda seguem foragidos

Cinquenta e seis presos foram assassinados

Dos 225 presos fugitivos de presídios, 78 ainda seguem foragidos Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) Foto: Divulgação

MANAUS, AM - Seis meses depois o massacre em presídios do Amazonas, dos 225 detentos, 78 ainda continuam foragidos. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Amazonas (Seap). Cinquenta e seis presos foram assassinados.

 

Segundo informações do G1, os presos fugiram entre o dia 1º e 2 de janeiro no Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) e Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). Na época, além do reforço da Força Nacional que foi acionada para conter a violência no estado, houve transferência de 284 presos para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa.

POR NOTÍCIAS AO MINUTO

Sobe Catracas

ALVARO CAMPELO, vereador de Manaus

Foi o vereador que registrou em 2017 100% de comparecimento às sessões da Câmara

Sobe Catracas

ROMEIRO MENDONÇA, prefeito de Presidente Figueiredo

Após pressão, recuou e garantiu o aumento salarial dos professores municipais reajustado em julho/2017 pelo Governo Federal

Desce Catracas

ALEXANDRE BIANCHINI, presidente da Manaus Ambiental

São inúmeras as reclamações da má prestação de serviço no fornecimento de água em Manaus

Desce Catracas

ANTONIO PONGÓ, prefeito cassado de Caapiranga

Vice prefeito Moisés Filho denunciou Pongó a polícia por ter sacado R$ 1,8 milhão antes de deixar prefeitura  

BASTIDORES