DeAmazônia

MENU
Atualizado em 10/02/2017

Vereadores obtém verba para o Carnailha e reúnem com Prefeitura

Recurso no valor de R$ 680 mil foi obtido no Ministério da Cultura

Vereadores obtém verba para o Carnailha e reúnem com Prefeitura Nega Alencar e Marcos da Luz estiveram em Brasília

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM-  Os veradores Maria Nega Alencar (PSD) e Marcos Aurélio da Luz (PRB) conseguiram, por meio de projeto do Instituto Colônia dos Pescadores de Parintins, a verba de R$ 680 mil de ajuda financeira para a realização do Carnailha 2017. O aporte foi obtido, no Ministério da Cultura, com o apoio do senador Omar Aziz (PSD).

 

Na tarde desta quinta-feira (09), Marcos e Nega Alencar estiveram reunidos com o prefeito em Exercício e secretário de Cultura e Turismo e Meio Ambiente, Tony Medeiros. No encontro, foi repassado que o Conselho Nacional de Cultura aprovou o projeto e que a liberação do recurso vai acontecer para que a festa ocorra em Parintins.

NEGA ALENCAR

Nega Alencar e Marcos da Luz reuniram com o vice-prefeito Tony Medeiros

 

“Estivemos em Brasília e reunimos com o senador Omar (Aziz), com demais senadores e deputados da bancada amazonense e visitamos ministérios. Nesta quinta-feira estivemos na Prefeitura, com o vice-prefeito Tony informando da ajuda financeira”, afirmou a vereadora Nega Alencar.

 

Marcos da Luz disse que nesta sexta-feira (10) será realizada nova reunião deles com a Prefeitura para definir de que maneira esse recurso será utilizado na realização do carnaval parintinense. “Vamos agora adequar o projeto da verba ao projeto do Carnailha”, adiantou.

 

Tony Medeiros disse que nesta reunião a equipe da Secretaria de Cultura fará ajuste no projeto, com a entrada de mais este recurso para os desfiles dos blocos, programado para a acontecer no Bumbódromo.  

DEAMAZÔNIA.COM.BR

Sobe Catracas

BI GARCIA, prefeito de Parintins

Vai demitir secretários que não colaboram com medidas de prevenção para evitar morte de pessoas pela pandemia de coronavírus

Desce Catracas

DOCA ALBUQUERQUE, prefeito de Terra Santa

Publicou decreto estranho que anula convocação de aprovados em concurso 2020 e abrirá processo seletivo