DeAmazônia

MENU
Atualizado em 07/02/2017

População tenta incendiar delegacia em Novo Aripuanã e agride presa

O delegado geral, Fred Mendes, informou que solicitou o apoio do Comando da Polícia Militar (CPM), que encaminhou reforço ao local,

População tenta incendiar delegacia em Novo Aripuanã e agride presa Delegacia foi invadida por um grupo de moradores

 

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Mais de 60 pessoas invadiram e tentaram incendiar a 73ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada no município de Novo Aripuanã ( a 225 quilômetros de Manaus), na noite desta terça-feira (07),  para agredir uma mulher acusada da morte de uma criança. Houve tumulto e até o delegado de Polícia foi atingido com uma pedra, Vinicius de Melo. O delegado-geral da Polícia Civil, Frederico Mendes, designou o diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), delegado Mariolino Brito, para apurar o caso.

 

O delegado geral informou que solicitou o apoio do Comando da Polícia Militar (CPM), que encaminhou reforço ao local, enviando uma tropa de policiais militares lotados em Borba (município distante 151 quilômetros em linha reta da capital) e outros oito policiais militares do Comando de Policiamento Especial (CPE) de Manaus, por meio de aeronave fretada.

 

Nesta quarta-feira, dia 8, ainda de acordo com Fred Mendes serão enviados ao município integrantes do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), servidores lotados no DPI e um perito do Instituto de Criminalística (IC) para auxiliar no trabalho de investigação. “De imediato conseguimos manter a ordem naquela cidade e vamos apurar o ocorrido”, afirmou.

 

 O delegado-geral confirmou que um grupo de moradores de Novo Aripuanã teria ficado revoltado com uma mulher presa ontem, dia 6, após atear fogo em uma residência no local. O sinistro causou a morte de uma criança de dois anos e deixou duas outras pessoas com ferimentos graves.

 

O grupo teria se revoltado contra a mulher e jogado gasolina no prédio da unidade policial, antes de atear fogo em um veículo estacionamento no pátio da delegacia. Os populares também jogaram pedras em direção aos policiais. Vinícius de Melo foi atingido e acabou machucado na cabeça e na mão esquerda. O delegado foi socorrido e encaminhado para atendimento no hospital daquele município.

 

Conforme o delegado-geral, a mulher que estava na carceragem da unidade policial, presa ontem, será levada para outro município, para que seja mantida a ordem no local e resguardada a segurança de todos na 73ª DIP.

 

 

Sobe Catracas

NATHÁLIA FARIA, karateca amazonense

Do topo do ranking nacional de karatê, atleta chega à seleção brasileira da categoria de base pela terceira vez

Desce Catracas

ADONEI AGUIAR, prefeito de Curinópolis (PA)

Afastado do cargo por acusação de integrar esquema criminoso, STF negou pedido dele para retornar ao cargo