DeAmazônia

MENU
Atualizado em 19/12/2016

IPAAM e Batalhão Ambiental formam turma do curso de Policiamento Ambiental

O corpo técnico foi formado pelo tenente-coronel Roberto Araújo, coordenador do curso, major Bruno Azevedo, como diretor pedagógico, e major Renato Schmitz como instrutor-chefe.

IPAAM e Batalhão Ambiental formam turma do curso de Policiamento Ambiental Foto: Divulgação/IPAAM

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) e o Comando de Policiamento Ambiental realizaram, na última sexta-feira (16), a formatura do curso de Especialização em Policiamento Ambiental 2016. Esta é a primeira turma do curso este ano, cuja última formação foi em 2011. O objetivo é qualificar os policiais e agentes públicos que atuam juntos combatendo os crimes ambientais no Estado do Amazonas.

 

A cerimônia de encerramento contou também com a participação do comandante geral da PM, coronel Augusto; o chefe do Estado Maior da Polícia Militar do Amazonas, coronel Sávio; a diretora regional da UNIP Manaus, dra. Rosange Menezes; a diretora-presidente do Ipaam, Ana Aleixo; e a tenente Angélica, da Capitania dos portos, representando o capitão dos portos major Emerson.

 

O gerente de Fiscalização, Rodrigo Serafini; o gerente de Pesca, Gelson Batista; e a analista ambiental Christina Fischer também representaram o Ipaam na solenidade conduzida pelo Comando de Policiamento Ambiental.

 

Ana Aleixo recebeu homenagem do Batalhão e ressaltou a importância da formação para integrar as instituições parceiras na melhoria dos atos de fiscalizações na seara ambiental.

 

Na oportunidade foram entregues os brevê aos militares e certificados aos alunos. Participaram do curso de especialização 32 alunos, sendo 29 policiais militares, dois servidores do Ipaam e uma perita da Polícia Civil.

 

Capacitação - O curso teve oito semanas de duração (carga horária 530 horas) com fase prática e teórica que incluíram disciplinas tais como: legislação ambiental aplicada à atividade de fiscalização, habilitação para condução de embarcação pública, treinamento no ambiente de selva, entre outras.

 

Sete analistas ambientais do Ipaam tiveram a oportunidade de ministrar assuntos diversos para os alunos do curso de especialização, contribuindo com suas experiências técnicas e práticas com aulas e palestras.

 

As aulas ocorreram no campus da Universidade Paulista (UNIP) em Manaus UNIP, na Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e as atividades práticas no Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS).

 

“O nosso principal objetivo foi capacitar e qualificar novos profissionais para exercerem poder de polícia na seara ambiental, em parceria com outras instituições públicas. Ao fim do curso foram formados 31 guerreiros ambientais”, explicou o tenente Renan Libório, chefe da Seção de capacitação e operações do Batalhão Ambiental da Polícia Militar.

 

O corpo técnico foi formado pelo tenente-coronel Roberto Araújo, coordenador do curso, major Bruno Azevedo, como diretor pedagógico, e major Renato Schmitz como instrutor-chefe.

 

Último tema - O gerente Rodrigo Serafini e a analista ambiental Daniele Costa ministraram a última aulateórica e prática sobre cubagem de produtos e subprodutos florestais, como madeira cerrada, madeira em tora, carvão vegetal, etc. A aula aconteceu na base de Manacapuru do Ipaam. Segundo Serafini, o objetivo do tema ministrado foi padronizar os procedimentos de cubagem de madeira.

 

Com Informações da Assessoria de Imprensa

Sobe Catracas

RONAN MARINHO, artista parintinense

Idealizado por ele, projeto de animação audiovisual infantil, dos bois Garantido e Caprichoso, em formato Kids, será lançado em dezembro

Desce Catracas

HERIVÂNEO SEIXAS, prefeito de Humaitá

Concurso público da Prefeitura foi suspenso pela Justiça, após contratação de Instituto suspeito, para organizar o certame