DeAmazônia

MENU
Atualizado em 14/01/2015

CARLOS MANHANELLI #Consultor político: Profissão de Risco

CARLOS MANHANELLI #Consultor político: Profissão de Risco

Os últimos acontecimentos têm levado a vários consultores políticos e assessores eleitorais a repensar a profissão. O que fazemos, na imaginação do grande público, é ficarmos atrás de mesas imaginando e fabricando “grandes sacadas” para nosso candidato se dar bem nas eleições.


Como seria bom se assim o fosse. Quantas vezes, neste s meus 40 anos de profissão, eu e vários consultores políticos e assessores eleitorais ,tiveram que pegar barcos para subir rios no Acre e nos outros Estados da região Amazônica para encontrar, junto com o candidato, população ribeirinha e de seringais para apresentar as propostas de governo e de trabalho parlamentar.


Por quantas vezes estivemos juntos em pequenos aviões desbravando o interior do Piauí e do Ceará, pousando em pistas de terra em fazendas, que até Deus duvida que fosse possível.


No Maranhão, correndo o estado todo, por estradas que a noite eram verdadeiras armadilhas com os buracos e as “vacas pretas” deitadas no asfalto. Em Sergipe, Alagoas e Bahia nas estradas que, pela precariedade, atrasavam a viagem em mais de 10 horas e ofereciam todos os riscos possíveis..


Em Angola logo após a guerra civil, onde ainda se andava com guarda-costas pelas estradas do interior do País. Em Moçambique e Kongo onde a aviação ainda tinham aviões da década de 80 e se viajava com os bancos e cintos em condições deprimentes.


Nosso trabalho sempre foi de risco e em nossa profissão não podemos ter medo de acompanhar nossos candidatos. Mas nem sempre isso acaba bem. Nossos companheiros que trabalhavam na campanha de Eduardo Campos foram os profissionais que, por amor ao trabalho que desenvolviam e para atender as necessidades da campanha, vieram a falecer no cumprimento do dever.


A ABCOP, que em sua razão social inteira se lê: Associação Brasileira dos Consultores Políticos e Assessores Eleitorais vem prestar a justa homenagem a esses profissionais, que deram a vida em busca de um objetivo maior. Fazer da Consultoria Política e da Assessoria Eleitoral uma profissão valorizada e reconhecida.


Seus nomes serão eternamente ligados aos profissionais de Marketing Eleitoral.

Assessor direto Pedro Valadares, assessor de imprensa Carlos Augusto Percol, cinegrafista Marcelo Lira, e fotógrafo oficial Alexandre Severo.

Nosso reconhecimento.

ABCOP – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS CONSULTORES POLÍTICOS


*Carlos Manhanelli é presidente da ABCOP

Tags:

Sobe Catracas

WILSON LIMA, governador do Amazonas

Anunciou que deixará a estrutura da saúde do Festival, pela primeira vez, para ficar em Parintins 

Desce Catracas

JARDEL VASCONCELOS, prefeito de Monte Alegre (PA)

Em nova ação, Justiça condenou ele a perda dos direitos políticos por três anos por suposta fraude em verba federal