Sábado, 21 de maio de 2022

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 26/01/2022

Manaus começa a vacinar nesta quinta (27) crianças de 6 a 9 anos

Novo avanço da campanha foi anunciado pelo prefeito de Manaus, David Almeida; VÍDEO

Manaus começa a vacinar nesta quinta (27) crianças de 6 a 9 anos (Foto: Antonio Pereira / Semcom)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Crianças de 6 a 9 anos de idade, sem doenças preexistentes, já podem ser vacinadas contra a Covid-19, a partir de quinta-feira (27/1), em um dos quatro pontos de atendimento exclusivo ao público infantil, coordenados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). O novo avanço da campanha foi anunciado pelo prefeito de Manaus, David Almeida, na tarde desta quarta-feira, 26, via redes sociais.

 

O chefe do Executivo municipal fez um chamado aos pais, tios, avós e outros responsáveis para que levem as crianças para vacinar. “A vacina está à disposição de todas as crianças a partir de seis anos de idade e nós estamos esperando para iniciar a imunização desse público”, convidou o prefeito.

 

A campanha já havia sido ampliada para os grupos prioritários 2 e 3, que incluem indígenas, quilombolas e crianças de instituições de longa permanência (abrigos e orfanatos), e para os menores de 10 e 11 anos, da população geral. O atendimento à nova faixa etária será possível, de acordo com a secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, pela incorporação da CoronaVac à vacinação infantil.

 

“Com a autorização da Anvisa e do Ministério da Saúde, para o uso da CoronaVac na população de 6 a 11 anos, ampliamos a disponibilidade de doses para o público infantil, que até então só podia ser imunizado com a Pfizer pediátrica”, explica a secretária, informando que a Semsa conta, em estoque, com aproximadamente 23 mil doses dos dois imunizantes e que já solicitou reforço da Fundação de Vigilância em Saúde Doutora Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) para avançar com a campanha de imunização das crianças na capital.  

 

Desde o início da campanha, no último dia 17, até as 17h desta quarta-feira, 3.120 crianças já haviam sido vacinadas contra a Covid-19 em um dos pontos fixos de vacinação e no atendimento itinerante de grupos prioritários.

 

“É preciso acelerar o ritmo e, seguindo a recomendação do prefeito David Almeida, estamos buscando todos os meios para isso”, assinala Shádia. Ela reforça que as vacinas são seguras, testadas, aprovadas e utilizadas no mundo inteiro, e apela aos pais para aderirem à imunização dos seus filhos.

 

Pontos de vacinação

Os quatro pontos de atendimento exclusivo de crianças contra a Covid-19 são: Parque Cidade da Criança, na zona Sul; Clube do Trabalhador-Sesi, na zona Leste; e Centro de Convivência Magdalena Arce Daou, na zona Oeste, com funcionamento de segunda a sábado, das 9h às 16h; e shopping Manaus Via Norte, na zona Norte, que atende nos mesmos dias, das 10h às 16h.

 

Para ser vacinada, a criança deve estar acompanhada por um dos pais ou outro responsável maior de 18 anos, com documento de identidade. Os documentos infantis obrigatórios são: certidão de nascimento ou documento de identificação original com foto; cartão nacional do SUS ou CPF, e a caderneta de vacinação.

 

Para as que têm comorbidades, além dos documentos pessoais é preciso levar laudo médico que comprove condições consideradas pelo MS como prioridade para a vacinação. A lista de comorbidades pode ser conferida no site da Semsa (semsa.manaus.am.gov.br). Já para as crianças com deficiências (PcD), não há exigência de comprovação desta condição.

 

Informações detalhadas sobre a vacinação infantil, incluindo endereços dos locais de atendimento, documentos e informações estão disponíveis no site da Semsa (semsa.manaus.am.gov.br) ou nas redes sociais oficiais da secretaria (@semsamanus no instagram e Semsa Manaus no facebook).

 

De acordo com a Semsa, o total estimado na faixa etária de 5 a 11 anos de idade, em Manaus, é de 260 mil crianças e a meta, como estabelecido pelo Ministério da Saúde, é vacinar 90% deste público com as duas doses recomendadas pelos fabricantes, administradas com intervalo de oito semanas.

VEJA O VÍDEO DO PREFEITO:

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por David Almeida (@davidalmeidaam)

Sobe Catracas

MARIA GABRYELLA SANTOS, atleta

Com apenas 10 anos de idade, conquistou a medalha de ouro no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu, modalidade Infantil, em São Paulo

Desce Catracas

DELEGADO FONSECA, prefeito de Oriximiná

Juiz mandou prefeito suspender portaria que reduz salário dos professores concursados de nível superior, publicada em março, assim que ele reassumiu o cargo