Sábado, 21 de maio de 2022

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 21/01/2022

Amazonino endurece o tom e chama benefício do Estado de R$ 150 de ‘auxílio miserável’

“Ô governador, tem gente desenterrando frango vencido nos lixões do interior", cobrou Amazonino

Amazonino endurece o tom e chama benefício do Estado de R$ 150 de ‘auxílio miserável’ Ex-governador Amazonino Mendes (Foto: Reprodução)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O ex-governador Amazonino Mendes ( sem partido), mudou o tom da pré-campanha, nesta sexta-feira (20/1) e usou as redes sociais, para endurecer críticas o governo Wilson Lima (PSC) ao chamar o benefício do Estado de ‘auxílio miserável’, após cobrar ajuda aos mais pobres, citando o caso de famílias recolhendo frangos impróprios para o consumo no lixão de Humaitá, no interior do Amazonas.

 

Em um vídeo, com pouco mais de dois minutos, Amazonino afirma que apesar de não gostar de fazer críticas, se viu obrigado a se manifestar.

 

O ex-governador disse que o Estado tem uma arrecadação bilionária, mas uma ‘administração incompetente’, e que segundo ele se ‘vangloria’ de um auxílio mísero distribuído as famílias de baixa renda.

 

“Ô governador, tem gente desenterrando frango vencido nos lixões do interior. Onde está a sua sensibilidade, com tanto dinheiro? Pelo menos nesse resto de mandato, cumpra o mínimo possível, parte da confiança que esse povo generosamente lhe deu.”, questionou, em recado direto ao atual governador.

 

Segundo Amazonino, incapacidade do atual comando do estado deixou de lado obras básicas como hospitais e escolas, priorizando gastos milionários com publicidade.

 

“Veja bem, você não ganhou um hospital, eu não tenho notícias de escola. É um negócio escandaloso. Ao reverso, houve uma enxurrada de dinheiro que foi mal aplicada ou desviada. Escândalos. O governo gasta milhões em propaganda se vangloriando de que está dando R$ 150 para as famílias pobres”, disse Mendes.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Amazonino Mendes (@amazoninomendes)

Sobe Catracas

MARIA GABRYELLA SANTOS, atleta

Com apenas 10 anos de idade, conquistou a medalha de ouro no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu, modalidade Infantil, em São Paulo

Desce Catracas

DELEGADO FONSECA, prefeito de Oriximiná

Juiz mandou prefeito suspender portaria que reduz salário dos professores concursados de nível superior, publicada em março, assim que ele reassumiu o cargo