Quinta, 27 de janeiro de 2022

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 13/01/2022

Rossy Amoedo: o artista que inovou com tecnologia e criatividade a cenografia natalina de Manaus

Entre o projeto de criação e execução do Natal de Manaus foram seis meses de planejamento com uma equipe de aproximadamente 200 integrantes

Rossy Amoedo: o artista que inovou com tecnologia e criatividade a cenografia natalina de Manaus Rossy Amoedo, artista parintinense (Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - A data em que se comemora a clássica manifestação cultural popular Folia de Reis (06/01), encerra tradicionalmente o período de decoração de Natal no Brasil. Em Manaus, a retirada da ornamentação está em fase de conclusão, e a certeza que fica sobre a temporada natalina 2021, é que ela deixará saudades pelo clima de magia que encantou turistas e moradores locais.

 

A inovação, tecnologia, criatividade e beleza da ornamentação que surpreendeu e emocionou as milhares de pessoas que passaram pelo Largo de São Sebastião, Complexo Turístico Ponta Negra, principais vias públicas de Manaus e que também encantou os moradores de comunidades ribeirinhas levam a assinatura do artista parintinense Rossy Amoedo.

Ornamentação de Natal no Largo São Sebastião (Foto: Divulgação)

 

O artista é conhecido internacionalmente por suas criações e pelo desenvolvimento de projetos com conceitos minuciosos, arrojados e grandiosos, tendo participação em eventos como cerimônias de Olimpíadas, Jogos Pan-americanos, Festival Folclórico de Parintins e Carnaval do Rio de Janeiro.

 

A imponência destas obras e a composição dos cenários que constituíram o “Natal das Águas, Luz da Esperança”, tema do Natal 2021 da capital amazonense, encantou adultos e crianças, que puderam admirar e viver o clima acolhedor que se criou nesta nova opção de roteiro que foi despertado em Manaus.

Presépio fluvial de Natal, em Manaus, assinado por Rossy Amoedo (Foto: Divulgação)

 

Pela primeira vez, o Largo de São Sebastião recebeu uma decoração tão iluminada e com tantos elementos natalinos, que aliaram a modernidade dos enfeites luminosos com a tradicional árvore de natal, formando corredores e uma cobertura estrelada de piscas por todo o quadrante, que mais parecia um imenso espaço instagramável, atraindo milhares de pessoas que revelaram o encantamento em suas redes sociais.

 

No Complexo Turístico Ponta Negra, que foi ornamentada desde o início do seu bosque até a extremidade oposta, Rossy Amoedo surpreendeu com uma árvore de natal com 40m de altura e base de 16m de diâmetro, decorada com aproximadamente 20 mil metros de mangueira de LED e mais de 8 mil piscas. A ornamentação contou ainda com um presépio em escala gigantesca, constituído com 19 personagens em movimento, com altura de 06 a 08 metros, controlados por um painel de comando.

 

A alegria do natal foi levado às comunidades através da Balsa Natalina, que contou com presépio, trenó, Papai Noel, uma árvore de natal com 30m de altura e personagens gigantes, integrando o cenário do nascimento de Jesus com os Reis Magos, Maria, o menino Jesus, anjos e animais, sob uma embarcação com 49 metros de comprimento e 15 metros de altura. Esta obra repercutiu na mídia nacional e internacional: Jornal “O Globo”, “Yahoo”, “Nationalpost”, “Nasdaq”, “TribuneIndia”, “Devdiscourse”, “Reuters”, entre outros.

Presépio de mais de 30 metros, na Ponta Negra (Foto: Divulgação)

 

Rossy Amoedo explicou que entre o projeto de criação e execução do Natal da cidade Manaus foram 06 meses de planejamento intenso, e que para a conclusão do trabalho, o artista contou com uma equipe de aproximadamente 200 integrantes, entre soldadores, técnicos em robótica, controladores de painel de comando, eletricistas, escultores, pintores, figurinistas e outros profissionais. O artista também falou sobre a importância de ter assinado este projeto.

 

“Este momento foi muito significativo para minha vida pessoal e profissional. Manaus passou por momentos complicados e tristes recentemente, e através da decoração natalina e desta nova concepção artística, buscamos transmitir a mensagem de esperança, reencontro, agradecimento e celebração da vida. Ter reconhecimento artístico profissional em diversos estados do Brasil e até em outros países é satisfatório, mas ser reconhecido em Manaus, com a conclusão deste lindo projeto é um sentimento indescritível”, enfatiza Rossy Amoedo.

Sobe Catracas

MALU, digital influencer mirim

Amazonense de 11 anos vai lançar seu primeiro livro sobre finanças para crianças e adolescentes

Desce Catracas

SAUL BEMERGUY, prefeito de Tabatinga (AM)

Município ocupa o último lugar no ranking da campanha de vacina contra a Covid-19