Quinta, 18 de agosto de 2022

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 08/01/2022

2° destaque do 'Quem fez Cultura em 2021' é Márcia Novo, ativista, cantora e compositora

A artista lançou, em 2021, o projeto Eletroboi, beneficiado pela Lei Aldir Blanc, onde fez uma live direto de Parintins

2° destaque do 'Quem fez Cultura em 2021' é Márcia Novo, ativista, cantora e compositora 2° destaque do 'Quem fez Cultura em 2021' é Márcia Novo, ativista, cantora e compositora(Foto: Divulgação)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Natural da “Capital da Cultura e do Folclore no Amazonas”, a ilha de Parintins, Márcia Novo, assina um ritmo que transita entre o tribalismo indígena do Boi Bumbá, o tropicalismo dançante do Brega e os ritmos caribenhos que influenciam a Amazônia.

 

A artista traz consigo uma música regional com pegada pop, regada a beats eletrônicos, que faz sucesso não apenas no Norte, mas em diversas partes do Brasil, como por exemplo no eixo Rio de Janeiro – São Paulo.

 

Com quase 20 anos de carreira, a artista conta com discos gravados “Se Questa”, “Subindo pelas Paredes”, “O novo som do Beiradão” e “Tudo Novo”.

 

No seu currículo cultural, a artista idealizou o projeto “Vidas Indígenas Importam”, é uma das coordenadoras do Festival Ambiental “Tarumã Alive”, é Embaixadora da Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e eleita pela revista Vogue como um dos “12 Guardiões da Floresta”, em sua edição especial “Vogue Brasil sobre a Amazônia” em 2020.

 

Márcia Novo, por meio da arte e cultura sensibilizou e chamou a atenção para os problemas da região Amazônica. No início de 2021, mais uma vez, foi uma “voz” que fez a diferença durante a pandemia. Márcia criou estratégias de aquisição de oxigênio, no momento em que a capital amazonense vivia a maior crise de saúde no Brasil.

 

ELETROBOI

A iniciativa da artista também foi essencial na arrecadação e distribuição de cestas básicas, material de higiene e máscara de proteção facial para as populações indígenas vulneráveis, tanto aldeadas quanto urbanas.

 

O ano de 2021 foi de conquistas que agregaram relevância para a carreira da artista e para o universo musical. Com o projeto contemplado no edital “Concurso – Prêmio Manaus de Conexões Culturais – Lei Aldir Blanc”, na categoria música, Márcia Novo realizou a live “Eletroboi” direto de Parintins, às margens do Lago Macurany, com cenografia e iluminação impecáveis, e sua performance sempre surpreendente, com referências da Cultura Pop.

 

A Live Show contou com a participação de diversos artistas e de itens oficiais dos bumbás Garantido e Caprichoso, além do Boi Boiola.

 

Um espetáculo que mostrou a força da mulher amazônida no Boi Bumbá, quebra paradigmas tradicionais da toada e reafirma o compromisso da artista com causas sociais, onde ficaram expressos o clamor pela causa indígena e a defesa da floresta.

 

Devido ao sucesso e qualidade desta Live, teve uma retransmissão em rede nacional, através da TV Brasil.

 

O projeto “Eletroboi” teve uma repercussão tão importante que levou a artista ao palco do Boi Manaus 2021 (23a edição) que aconteceu no Centro de Convenções de Manaus (Sambódromo), com show exclusivo em homenagem aos 352 anos da capital amazonense, uma das três vozes femininas do evento.

 

FESTIVAL TARUMÃ ALIVE

Festival Tarumã Alive” é outra proposta que Márcia Novo coordena brilhantemente ao lado de Thaianty Gonçalves e Jadson Maciel, visando a preservação da maior Bacia Hidrográfica da área urbana de Manaus, a Tarumã – Açu, que parte da zona Norte à zona Oeste, localizada à margem esquerda do Rio Negro, ocupando uma área total de 133.756,86 hectares, correspondendo a 3,3% da área territorial de Manaus.

 

O Festival corresponde a manifestações culturais (shows musicais e intervenções artísticas), campanhas de sensibilização ambiental, discussões, debates, além de coleta de lixo, com participação de voluntários. No mês de Dezembro (2021) a ação ambiental teve mais uma edição de sucesso, desta vez, em edição “pocket”.

 

Mesmo em pandemia e observando a restrições por ela imposta, Márcia Novo deu continuidade em sua agenda positiva, realizando grandes feitos e levando o nome do Amazonas para o Brasil e para o mundo.

Sobe Catracas

CELSO SABINO, deputado federal pelo Pará

É o único deputado da bancada paraense que aparece na lista dos mais influentes do Congresso

Desce Catracas

LÚCIO FLÁVIO, prefeito de Manicoré (AM)

Promotor de Justiça pede a anulação de licitação para aquisição de cestas básicas por suspeita de direcionamento