Quinta, 27 de janeiro de 2022

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 04/01/2022

Festival 'Mova-se 2022' terá apoio da Lei Rouanet, por meio de edital do Basa

Ao todo, o Banco da Amazônia aprovou 13 projetos de todo o Brasil, dentre eles o Mova-se: Solos, Duos e Trios, realizado pelo Casarão de Ideias, em Manaus

Festival 'Mova-se 2022' terá apoio da Lei Rouanet, por meio de edital do Basa ‘Mova-se 2022’ é contemplado com edital do Banco da Amazônia (Foto: Divulgação/Ascom)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - A edição 2022 do Festival Mova-se: Solos, Duos e Trios, promovido pelo Casarão de Ideias, em Manaus (AM), contará com apoio da Lei Rouanet, por meio de edital lançado pelo Banco da Amazônia. O resultado foi divulgado nesta segunda-feira (3), e contempla, ainda, outros 12 projetos de diferentes regiões do Brasil.

 

Previsto para ocorrer em novembro deste ano, o Mova-se chegará a sua 13ª edição. “A dança ainda é uma vertente da cultura que merece uma atenção redobrada. Então, quando o nosso festival consegue conquistar a aprovação de um edital como este promovido pelo Banco da Amazônia, reforça a ideia de que estamos no caminho certo”, comenta João Fernandes, diretor do Casarão de Ideias e idealizador do evento.

 

A Lei Rouanet tem o objetivo de apoiar projetos incentivados pela lei federal, que podem ser apresentados por entidades privadas e sem fins lucrativos, nas áreas de teatro, dança, performance, ópera e circo.

 

O edital se destina a projetos de música (erudita ou instrumental), cinema (mostras e festivais) e artes visuais (realizados no Espaço Cultural Banco da Amazônia). Nesse último caso, as ações devem estar vinculadas à região e podem ser na forma de desenho, pintura, gravura, técnicas mistas, fotografia, escultura, objeto, instalação e mídias contemporâneas.

 

Em 2021, o Mova-se promoveu uma edição especial que percorreu os municípios de Novo Airão e Manacapuru, ambos na Rodovia AM-070, além de Manaus. “A experiência foi muito enriquecedora! Tivemos contato com o movimento da dança naquela região, e pudemos trocar informações e saber como está o cenário nessas localidades”, lembra Fernandes.

 

Na oportunidade, o festival selecionou, por meio de uma competição aberta, um representante de cada município e realizou a grande final em Manaus, no dia 12 de dezembro de 2021, na Casa Luppi, localizada na Rua Ferreira Pena, bairro Centro. Ao todo, foram ofertados mais de R$ 5 mil em prêmios, entre os três primeiros colocados.

Sobe Catracas

MALU, digital influencer mirim

Amazonense de 11 anos vai lançar seu primeiro livro sobre finanças para crianças e adolescentes

Desce Catracas

SAUL BEMERGUY, prefeito de Tabatinga (AM)

Município ocupa o último lugar no ranking da campanha de vacina contra a Covid-19