Sexta, 05 de março de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 23/02/2021

Profissionais de saúde de hospital de Rondônia são vacinadas com doses trocadas de Coronavac e AstraZeneca

Semusa de Rondônia trocou vacina e quem tomou Coronavac na primeira dose acabou sendo vacinada com AstraZeneca, na segunda

Profissionais de saúde de hospital de Rondônia são vacinadas com doses trocadas de Coronavac e AstraZeneca Hospital Infantil Cosme e Damião, capital de Porto Velho

PORTO VELHO, RO  - Profissionais de saúde de hospital de Rondônia são vacinadas com doses trocadas de coronavac e AstraZeneca. O caso foi registrado nesta, segunda-feira (22/2), no Hospital Infantil Cosme e Damião, capital de Porto Velho.

 

A confusão ocorreu porque alguns profissionais receberiam a segunda dose e outros ainda a primeira. Na hora a Semusa ( Secretaria Municipal de Saúde) teria misturado o cronograma dos lotes e saiu vacinando com AstraZeneca quem tinha tomado a Coronavac.

 

“Alguns iriam tomar a primeira dose e outros a segunda. Quem tomou a primeira dose de coronavac, a minha colega, do meu setor, tomou a segunda de AstraZeneca”, afirmou um profissional ao Portal deAMAZÔNIA .

 

Os profissionais estão com preocupação sobre a possibildiade de reação a algum efeito colateral.

 

Consultado o epidemiologista Jesem Orelana, da Fiocruz Amazonia, disse que isso é um espelho do desmonte do Programa Nacional de Imunização, que não possui um gerenciamento adequado dessas doses, com um sistema de informações único.

 

“Reflete gestão catastrófica da pandemia por parte do governo federal. Isto é só o começo. Talvez seja um sinal de algo que já aconteceu em outros lugares e só agora começa a aparecer de forma mais nítida, destruindo a história de sucesso do PNI”, afirmou o cientista.     

 

 O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello é general da ativa do Exército, com conhecimento em logística em munição, sem experiência em Saúde. Prefeitos já pediram a demissão do ministro que está perdido na pandemia.

Sobe Catracas

MARIVELTON BARROSO, líder da etnia Baré

Venceu prêmio internacional da Revista Vanity Fair, que homenageia personalidades que mais se destacam pelo mundo, com projetos inovadores de turismo suntentável

Desce Catracas

JANE MARA MORES, secretária de Assistência Social de Manaus

Prefeitura divulgou lista de beneficiados do auxílio manauara, que vão receber R$ 200, mas que traz  'nomes estranhos' e que passarão por nova análise