Sexta, 05 de março de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 23/01/2021

Três secretários de David Almeida constam na lista de vacinados

Manaus está há dois dias com a vacinação suspensa por conta das suspeitas de irregularidades; TCE diz que não reconhece lista divulgada

Três secretários de David Almeida constam na lista de vacinados Três secretários de David Almeida consta na lista de vacinados enviada ao TCE/AM (Fotos: Reprodução)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Os nomes da secretária municipal de Saúde de Manaus, Shádia Fraxe, do secretário municipal de Limpeza Pública, Sabá Reis e da titular da Secretaria da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Jane Oliveira, constam na lista dos primeiros vacinados contra a Covid-19 da Prefeitura sde Manaus.  

 

A lista com os nomes vazou e outras diversas autoridades e empresários também aparecem na relação. 

 

A prioridade deste primeiro lote da vacinas enviados ao Amazonas são profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate ao Covid-19.

 

Shádia é médica, mas não estava na linha de frente de combate ao vírus. Já o secretário Sabá Reis, foi identificado como “trabalhador da saúde”, mesmo não sendo não profissional da área. A Secretaria comandada por Reis administra cemitérios públicos de Manaus.

 

Ainda conforme a lista, a secretária Jane Oliveira foi vacinada na Clínica da Família Senador Severiano Nunes, e consta no grupo de “assistentes sociais”.O nome dela aparece em matéria publicada pelo Portal Poder.

 

Outro nome que aparece na lista do TCE, suspeito de furar a fila da vacina, é o empresário Bento Martins, dono da empresa Bento Martins de Sousa que fornece refeição ao Hospital e Pronto-Socorro da Criança da Zona Sul da capital. A esposa do empresário Jane Soares Pereira também teria sido vacinada. Ambos aparecem na lista como “trabalhadores de Saúde”.

 

Há cada dia surgem denuncias de que mais servidores municipais, fora da lista de prioridades, já teriam sido imunizados.

  

Manaus está há dois dias com a vacinação suspensa por conta das suspeitas de irregularidades, falta de planejamento e critérios na umunização do coronavírus.

 

TCE-AM não reconhece lista divulgada

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) informa à sociedade amazonense que não reconhece a lista que está circulando em grupos de aplicativos de mensagem e redes sociais, desde a tarde desta sexta-feira (22), como sendo a enviada pela Secretaria Municipal de Saude à Corte de Contas dos imunizados na primeira etapa de vacinação contra a Covid-19.

 

A lista enviada por e-mail, às 19h40 de quinta-feira, pelo município, não foi disponibilizada oficialmente pelo TCE por estar incompleta e sem vários dados solicitados por este Tribunal, para cruzamento.

 

Vale ressaltar que a suposta lista divulgada em portais de notícias, por ser um arquivo digital, pode ser alterada por conhecedores de tecnologias.

 

Este Tribunal informa, ainda, que a lista, na íntegra, será amplamente divulgada pela Presidência do TCE-AM assim que for oficialmente recebida da Prefeitura de Manaus e, de forma transparente, será disponibilizada no portal deste Tribunal.

 

Na oportunidade, este TCE-AM reafirma o compromisso com a sociedade e garante que todas as denúncias de irregularidades em relação à vacinação serão apuradas e, caso constatadas, os responsáveis serão penalizados com o rigor legal.

LISTA DE VACINADOS PREFEITURA DE MANAUS 

 

 

Sobe Catracas

MARIVELTON BARROSO, líder da etnia Baré

Venceu prêmio internacional da Revista Vanity Fair, que homenageia personalidades que mais se destacam pelo mundo, com projetos inovadores de turismo suntentável

Desce Catracas

JANE MARA MORES, secretária de Assistência Social de Manaus

Prefeitura divulgou lista de beneficiados do auxílio manauara, que vão receber R$ 200, mas que traz  'nomes estranhos' e que passarão por nova análise