Segunda, 01 de março de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 20/01/2021

MP/AM apura caso de filhas de empresário vacinadas em Manaus, acusadas de furar-fila

Caso ganhou repercussão nacional porque irmãs Lins, que são médicas, foram contratadas pela Prefeitura de Manaus um dia antes da vacinação

MP/AM apura caso de filhas de empresário vacinadas em Manaus, acusadas de furar-fila Médicas contratadas na véspera da vacinação, em Manaus, postaram fotos sendo imunizadas

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - As gêmeas milionárias de Manaus Gabrielle Kirk Lins e Isabelle Kirk Lins causaram polêmica nesta terça-feira (19) após postarem no Instagram fotos comemorando tomando a vacina contra a Covid-19.

 

Logo após, circularam nas redes sociais imagens da vacinação das irmãs Lins, que são médicas, acompanhada da nomeação, no Diário Oficial de Manaus, de Gabrielle, no dia 18 de janeiro, um dia antes do início da vacinação, como gerente de projetos da Secretaria Municipal de Saúde. A irmã dela foi nomeada no dia 19 de janeiro.

 

Após a repercussão o prefeito de Manaus, baixou portaria proibindo que as pessoas vacinadas fizessem fotos e postagens nas redes.  O Ministério Público abriu investigação sobre o caso.

 

Gabrielle e Isabelle são da família de Nilton da Costa Lins Júnior, presidente da mantenedora da Universidade Nilton Lins, uma das maiores de Manaus.

 

Além da Universidade, a família tem membros com carreira política. Dentro do terreno da Universidade Nilton Lins, há uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

 

Sobre o caso das médicas Gabrielle Kirk Lins e Isabelle Kirk Lins, vacinadas neste primeiro dia de imunização, a Prefeitura divulgou Nota para esclarecer que não há irregularidades, porque elas são servidoras da saúde. “Não há nenhuma irregularidade, uma vez que se encontram nomeadas e atuando legitimamente no plantão da unidade de saúde, para a qual foram designadas, em razão da urgência e exceção sanitárias, estabelecidas nos primeiros 15 dias da nova gestão”, diz a  Nota.

 

Nas redes sociais, Gabrielle e Isabelle se defenderam e disseram que não tiveram culpa de serem vacinadas.

.

Sobe Catracas

MARIVELTON BARROSO, líder da etnia Baré

Venceu prêmio internacional da Revista Vanity Fair, que homenageia personalidades que mais se destacam pelo mundo, com projetos inovadores de turismo suntentável

Desce Catracas

DILMA SERRÃO, ex-prefeita de Belterra (PA)

TCU reprovou as contas e condenou ex-prefeita a devolver R$ 100 mil ao MEC, por não comprovar recursos do FNDE, recebidos em 2015