Sexta, 05 de março de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 18/01/2021

ALE/AM convoca reunião Urgente nesta terça (19), para discutir crise da Covid, em Manaus

Após repercussão de matéria, deste domingo (17), do Portal DeAMAZÔNIA, presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas chamou reunião Extraordinária

ALE/AM convoca reunião Urgente nesta terça (19), para discutir crise da Covid, em Manaus ALE/AM marca reunião Urgente para terça (18) para discutir crise da Covid, em Manaus

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM -  O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, Josué Neto (PV), marcou para esta terça-feira (19), às 9h, uma sessão Virtual Extraordinária com todos os deputados para discutir a grave crise da saúde no Estado, por causa da pandemia do novo coronavírus.

 

A sessão de urgência será transmitida pelo Youtube e pelo Facebook, na página da Assembleia.  

 

A iniciativa da presidência da ALE/AM ocorre no dia seguinte, após o Portal DeAMAZÔNIA, cobrar uma postura dos deputados da Casa que se esconderam da população na pior crise sanitária de Manaus, com pessoas morrendo por falta de oxigênio. LEIA AQUI Deputados da ALE/AM se entocam na pior crise sanitária de Manaus

 

A matéria questionou a inércia da Assembleia Legislativa que se entocou em sua bolha, enquanto familiares de doentes imploravam por socorro na frente dos hospitais para tentar salvar os pacientes a beira da morte.

 

Manaus virou a capital mundial da Covid-19, com regsitros de óbitos de pessoas por falta de ar, algo antes inimaginável no sistema de Saúde do 6º Estado mais rico do país. O Amazonas só perde para SP, Rio, Minas, Brasília e Porto Alegre.    

Sobe Catracas

MARIVELTON BARROSO, líder da etnia Baré

Venceu prêmio internacional da Revista Vanity Fair, que homenageia personalidades que mais se destacam pelo mundo, com projetos inovadores de turismo suntentável

Desce Catracas

JANE MARA MORES, secretária de Assistência Social de Manaus

Prefeitura divulgou lista de beneficiados do auxílio manauara, que vão receber R$ 200, mas que traz  'nomes estranhos' e que passarão por nova análise