Terça, 26 de janeiro de 2021

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 13/01/2021

Governo do Pará monta barreira em Juruti para proibir embarcações oriundas do AM

Helder Barbalho informou que PM fará fiscalização com lanchas e aeronaves para impedir passagem de barcos com passageiros; VÍDEO

Governo do Pará monta barreira em Juruti para proibir embarcações oriundas do AM Porto de Juruti, no Pará, funcionará com barreira para impedir barcos do Amazonas ( foto; DeAMAZÔNIA)

DEAMAZÔNIA SANTARÉM, PA - Decreto do Governo do Pará proibirá a partir desta quinta-feira (14/1) a entrada de embarcações oriundas do Amazonas. A decisão atende ao pedido da prefeita de Juruti, Lucídia Batista. Juruti é município paraense que faz divisa com o Amazonas, em área limítrofe com Parintins.

 

O governador Helder Barbalho informou a decisão, por meio de um vídeo gravado, em suas redes sociais, na noite de hoje (13).

 

“Estamos publicando decreto estadual proibindo  circulação de embarcações com passageiros vindo do estado vizinho do Amazonas. A medida preventiva e fundamental para possamos evitar ampliação do contágio dentro do estado do Pará”, afirmou Helder.

 

A Polícia Militar do Pará usará lanchas e aeronaves para monitorar as embarcações que tentem ultrapassar a barreira sanitária que será instalada em Juruti.

O Amazonas vive o colapso de hospitalizações e mortes por covid-19, nesta segunda onda.

 

No primeiro pico da pandemia em abril, o governo do Pará também instalou bloqueio no rio para impedir passagens de barcos com passageiros.

Sobe Catracas

JAIZA FRAXE, juíza federal do Amazonas

Reteu lotes da AstraZeneca/Oxford e só vai autorizar imunização, em Manaus, após Prefeitura comprovar transparência na vacinação

Desce Catracas

EDUARDO PAZUELLO, general e ministro da Saúde

PGR pediu abertura de inquérito no STF contra o ministro, devido mortes de pacientes, por falta de oxigênio, em tratamento de covid-19, em Manaus