DeAmazônia

MENU
Atualizado em 10/03/2015

Requerimento que ANISTIA bombeiros e PMs será votado hoje (10), em Brasília

Requerimento que ANISTIA bombeiros e PMs será votado hoje (10), em Brasília

Está na pauta de votação desta terça-feira (10) na Câmara dos Deputados, em Brasília, o pedido de urgência do Projeto de Lei Nº 305/2015, que da anistia aos policiais e bombeiros militares do Amazonas que participaram de mobilizações por melhores condições de trabalho nos últimos anos. O “PL da Anistia” foi um projeto conjunto do vice-presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), deputado Platiny Soares (PV), do presidente da Associação de Praças do Estado do Amazonas (APEAM), SD Gerson Feitosa, e do deputado federal Pauderney Avelino (DEM-AM).

 

Protocolizado no início de fevereiro em Brasília, o PL da Anistia teve o requerimento nº 834/2015 dos líderes de partido enviado na última semana ao presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB), que garantirá a colocação em regime de urgência a votação o PL da Anistia. No texto além do Amazonas, são incluídos o estado do Pará, Mato Grosso do Sul e do Acre na lista de estados que já concederam anistia aos policiais militares punidos por participar de movimentos reivindicatórios.

 

Para o deputado Platiny Soares a tramitação rápida e possibilidade real de aprovação do PL, ainda esta semana, é mostra da força da entidade representativa dos praças do Amazonas junto às associações nacionais e aos parlamentares. “Não tenho dúvidas que o sucesso desse projeto se deve ao trabalho conjunto da APEAM com a Associação Nacional dos Praças e com as articulações que nós fizemos junto aos deputado federais, em especial ao deputado Pauderney Avelino, que comprou a ideia e levou adiante”, comentou Platiny Soares.

 

Segundo Gerson Feitosa, presidente da APEAM, a associação espera a publicação de mais 10 nomes de PMs no próximo Boletim Geral da Polícia Militar em processos administrativos pela mobilização de 28 de abril do ano passado.

“Na ponta do lápis são 482 profissionais que estão respondendo algum processo por conta da mobilização. A aprovação desse projeto trará mais tranquilidade a esses profissionais tanto na esfera administrativa quanto na judicial. A APEAM a cada dia mostra que está ao lado dos praças”, declarou Gerson Feitosa.

 

Às 15h desta terça-feira está agendada uma reunião entre o presidente da APEAM, Gerson Feitosa, e o deputado federal Pauderney Avelino, para refilar os detalhes antes da votação do requerimento, previsto para às 16h (horário de Brasília). “Tenho certeza que logo aprovaremos esse projeto que anistia os policiais e bombeiros militares que lutaram por causas justas”, disse Pauderney Avelino.

 

De acordo com o Regimento Interno da Câmara dos Deputados após a aprovação do pedido de urgência, a proposição será colocada na Ordem do Dia da sessão deliberativa seguinte, mesmo que seja no mesmo dia. O que dá ao PL da Anistia chances reais de ser votado até, no máximo, a próxima quinta-feira (12).

Tags:

Sobe Catracas

JOSÉ LIBERATO, subtenente do Corpo de Bombeiros no AM

Militar amazonense conquistou medalha de ouro no campeonato Brasileiro de Remo Olímpico no Rio de Janeiro 

Desce Catracas

MAXWEEL BRANDÃO, ex-prefeito de Placas (PA)

Justiça Federal multou ele em R$ 50 mil pela sonegação de informações ao MPF e o condenou pelo extravio de documentos públicos