Sábado, 15 de agosto de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 31/07/2020

Comitê pede à Prefeitura de Manaus gratuidade no transporte coletivo nas eleições 2020

Comitê usa como uma das justificativas o combate ao crime eleitoral praticado por candidatos ou partidos políticos, que transportam eleitores no dias de votação

Comitê pede à Prefeitura de Manaus gratuidade no transporte coletivo nas eleições 2020 (Foto: Reprodução/Câmara Municipal de Manaus)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O Comitê do Amazonas de Combate à Corrupção e ao Caixa Dois Eleitoral enviou nesta quinta-feira (30/7), ofício ao prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB) com pedido de gratuidade no transporte coletivo nas eleições marcadas para os próximos dias 15 e 29 de novembro.

                          

De acordo com o documento do Comitê, nas eleições gerais de 2018, depois da solicitação da sociedade civil, por meio do Comitê de Combate à Corrupção Eleitoral, ratificada pela presidência da Justiça Eleitoral do Amazonas à época, o prefeito Arthur Neto encaminhou mensagem ao Poder Legislativo Municipal solicitando autorização para concessão da gratuidade no transporte coletivo da cidade, no primeiro e segundo turnos das eleições.

 

A Câmara de Manaus votou e aprovou o pedido.

 

Agora, novamente, o Comitê solicita da Prefeitura a gratuidade no transporte coletivo nas eleições, com inúmeras razões, dentre as quais, destacam-se: o voto obrigatório; o combate ao crime eleitoral praticado por candidato ou partido político que transporta eleitores no dias de votação; o crescimento do número de desempregados causado pela pandemia do coronavírus; o fim do auxílio emergencial do Governo Federal, o qual não será pago em novembro;

 

O Comitê justifica ainda: o subsídio financeiro destinado às empresas do transporte coletivo pago pela Prefeitura de Manaus para manutenção de despesas e da atual tarifa de ônibus que somou 61,8 milhões de reais entre os meses de julho de 2019 a janeiro de 2020; a valorização do sistema democrático que preza por eleições periódicas, voto direto, secreto e universal, com alternância de Poder.

 

Ao final, o Comitê pede sensibilidade e espírito público do prefeito e que, envie novamente à Câmara de Vereadores, mensagem com pedido de gratuidade no transporte coletivo nas eleições, demonstrando à população da capital a importância do voto na democracia e contribuindo para minorar as dificuldades dos contribuintes/eleitores, atingidos pela pandemia do novo coronavírus.   

Sobe Catracas

SORAYA FREIRE, professora da rede municipal de Manaus

Desenvolveu guia sobre trabalho infantil, para professores, e ganhou destaque em matéria publicada no jornal 'Estadão'

Desce Catracas

AGUINALDO RODRIGUES, ex-prefeito de Manaquiri

Justiça Federal condenou o ex-prefeito por não prestar contas de recursos federais destinados à educação no município