Sexta, 14 de agosto de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 27/07/2020

Prefeitura de Manaus inicia ciclo de reuniões virtuais com artísticas sobre Lei Aldir Blanc

Ao longo da semana, nos dias 29 e 31, mais seis encontros on-line serão realizados com segmentos artísticos e culturais da capital para discutir a lei.

Prefeitura de Manaus inicia ciclo de reuniões virtuais com artísticas sobre Lei Aldir Blanc Prefeitura de Manaus inicia ciclo de reuniões virtuais com artísticas sobre Lei Aldir Blanc

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - Mais de 60 artistas e agentes culturais participaram das primeiras reuniões virtuais da Prefeitura de Manaus sobre a aplicação da Lei Aldir Blanc, nesta segunda-feira, 27/7.

 

Durante os três encontros realizados ao longo do dia, representantes da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) debateram e esclareceram dúvidas da comunidade artística das categorias de teatro, dança e música sobre a lei, que tem como objetivo auxiliar trabalhadores e espaços culturais afetados pela pandemia do novo coronavírus.

 

Ao longo da semana, nos dias 29 e 31, mais seis encontros on-line serão realizados com segmentos artísticos e culturais da capital para discutir a lei. As reuniões virtuais são realizadas por meio da plataforma Zoom, com cada categoria artística, de acordo com o cronograma planejado pela Manauscult e pelo Conselho Municipal de Cultura (Concultura).

 

Para o ator e diretor Taciano Soares, que participou do encontro da categoria de teatro, a reunião foi uma oportunidade para manifestar as expectativas do segmento. “Acredito que todos os artistas e produtores devem participar ativamente dessas reuniões setoriais, para que possamos compreender o funcionamento da lei e, claro, apresentar as nossas pautas e aquilo que acreditamos ser melhor para o desenvolvimento cultural da cidade”, afirmou.

 

“É de fundamental importância a participação e colaboração de todos os artistas para que possamos juntos construir este momento. Ao participar das reuniões e darmos sugestões, nós fortalecemos o pensamento do poder público e agregamos valor à classe”, complementou o produtor cultural João Fernandes, que também esteve presente.

 

Reuniões___________

Os próximos encontros estão dispostos da seguinte forma: na quarta, 29, acontecem as reuniões com as categorias de audiovisual, das 9h às 10h30; artes visuais, das 11h às 12h30; e espaços culturais, das 14h às 15h30. Já na sexta, 31, o ciclo de diálogos encerra com as categorias de manifestações culturais, de 9h às 10h30; circo e artesanato, de 11h às 12h30; e literatura e outros, de 14h às 15h30.

 

Os links de acesso para cada reunião estão disponíveis no calendário completo abaixo, e também no portal Viva Manaus (vivamanaus.com). Todos os interessados poderão participar, respeitando o número limite de integrantes suportado pelo sistema.

 

Em caso de dúvidas, os interessados podem entrar em contato com a Manauscult pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (92) 98842-7252.

 

Lei Aldir Blanc__________

Sancionada pelo presidente da República Jair Messias Bolsonaro, a lei n° 14.017/2020, conhecida como lei Aldir Blanc, prevê auxílio emergencial para trabalhadores e espaços culturais afetados pela pandemia do novo coronavírus. A lei estabelece o repasse de R$ 3 bilhões de verba federal a ser distribuída entre os Estados, Distrito Federal e municípios.

 

Cronograma de reuniões 

29/7 (quarta)

9h às 10h30 – Audiovisual - bit.ly/reuniao-audiovisual

11h às 12h30 – Artes Visuais - bit.ly/reuniao-artes

14h às 15h30 – Espaços Culturais - bit.ly/reuniao-espacosculturais

 

31/7 (sexta)

9h às 10h30 – Manifestações Culturais (todas aquelas ligadas a expressões do patrimônio imaterial desenvolvidas por grupos, povos e comunidades) - bit.ly/reuniao-manifestacoesculturais

11h às 12h30 – Circo e Artesanato - bit.ly/reuniao-circo

14h às 15h30 – Literatura e outros (segmentos artísticos e culturais com outras identidades) - bit.ly/reuniao-literatura

Sobe Catracas

ARLINDO NETO, cantor

Estreou em grande estilo, em apresentação solo, seguindo legado do pai

Desce Catracas

DELEGADO PABLO OLIVA, deputado federal

Investigado por usar mãe e irmão como laranjas em suposto esquema de corrupção