Quinta, 13 de agosto de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 11/07/2020

Escolas de Samba já cogitam adiar Carnaval 2021 para março, maio ou junho, diz O Globo

Liesa diz que festa só acontecerá na data original se houver vacina contra o novo coronavírus

Escolas de Samba já cogitam adiar Carnaval 2021 para março, maio ou junho, diz O Globo Desfile da Viradouro, campeã do carnaval 2020 - (Foto: Reprodução/ Rio Tur)

DEAMAZÔNIA RIO - Os dirigentes das Escolas de Samba do Rio de Janeiro já cogitam adiar o Carnaval 2021 para março, maio ou até mesmo para o feriado de Corpus Christi, em junho, em razão da pandemia do novo coronavírus. A informação é do jornal O Globo.

 

Segundo a matéria, a festa só acontecerá em data original – fevereiro de 2021 – se, até lá houver uma vacina contra a Covid-19 ou, no mínimo, um medicamento eficaz e contágio quase zerado.

 

O presidente da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa), Jorge Castanheira, afirmou, segundo o O Globo, que o limite para ‘bater o martelo’ sobre a nova data ou sobre quais serão as adequações que a festa vai passar, é o início de outubro.

 

Segundo Castanheira, ao contrário do Futebol e da Fórmula 1, que retornarão sem público, não faz sentido a mesma medida para o Carnaval, um evento que tradicionalmente causa aglomeração de pessoas, tanto na arena do Sambódromo, quanto nas arquibancadas.

 

No dia 1º de julho, a Liesa fez uma reunião com presidentes de escolas de samba para tratar sobre o assunto, mas não divulgou o que ficou definido no encontro.

Sobe Catracas

ARLINDO NETO, cantor

Estreou em grande estilo, em apresentação solo, seguindo legado do pai

Desce Catracas

DELEGADO PABLO OLIVA, deputado federal

Investigado por usar mãe e irmão como laranjas em suposto esquema de corrupção