Quarta, 12 de agosto de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 07/07/2020

Governo do Amazonas entrega obras do sistema viário de Urucará

Foi investido R$ 9,4 milhões no serviço de pavimentação de 20,62 quilômetros de vias; 38 ruas e avenidas foram asfaltadas.

Governo do Amazonas entrega obras do sistema viário de Urucará Governo do Amazonas entrega obras do sistema viário de Urucará (Fotos: Divulgação/Seinfra)

DEAMAZÔNIA URUCARÁ- AM- As obras de reconstrução e revitalização do sistema viário de Urucará, município localizado na calha do Médio Amazonas e distante 261 quilômetros em linha reta de Manaus, já foram concluídas em sua totalidade pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra).

 

O Governo do Amazonas investiu R$ 9.457.081,46 no serviço de pavimentação de 20,62 quilômetros de vias, alcançando 38 ruas e avenidas do município. A obra foi retomada em 2019, como parte do pacote de infraestrutura lançado pelo governador Wilson Lima.

 

Além da reconstrução da malha viária, o município também recebeu obras de drenagem profunda para melhorar o escoamento das águas pluviais nas proximidades do Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) e de áreas circunvizinhas.

 

Nessa região, foram implantados cerca de 1.760 metros de rede de drenagem profunda, com tubulação de 800 mm, bem como a construção de 17 caixas coletoras ou bocas de lobo com grelha de proteção em concreto armado.

 

“Nós temos o compromisso de promover a melhoria da qualidade de vida da população interiorana, e a recuperação da malha viária das sedes dos municípios é uma das vertentes desse trabalho. Essa é uma das prioridades do governador Wilson Lima”, explicou o secretário da Seinfra, Carlos Henrique Lima.

Sobe Catracas

BETO NICOLAU, presidente da Samel

Após eficácia da empresa no tratamento contra a covid-19, empresário foi a Parintins doar cestas básicas a Igreja Católitca

Desce Catracas

SAUL BEMERGUY, prefeito de Tabatinga (AM)

Fez licitação milionária para comprar merenda escolar mesmo com escolas municipais sem atividades letivas