Quinta, 13 de agosto de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 02/07/2020

Adenilson Reis diz que usa Portal da Transparência e aponta ações 'politiqueiras' da oposição

Advogado denunciou pratica de Nepotismo e juíza mandou prefeito de Nova Olinda do Norte dar publicidade a contratações de servidores

Adenilson Reis diz que usa Portal da Transparência e aponta ações 'politiqueiras' da oposição Adenilson Reis, prefeito de Nova Olinda do Norte (Reprodução/Redes Sociais)

DEAMAZÔNIA NOVA OLINDA DO NORTE, AM - O prefeito de Nova Olinda do Norte (a 138 quilômetros de Manaus), Adenilson Reis (MDB), informou nesta quinta-feira (02/07), que todos os atos de nomeação dos servidores públicos efetivos, temporários e comissionados, de sua gestão, estão disponíveis no Portal da Transparência no endereço eletrônico https://transparenciamunicipalaam.org.br/p/nova-olinda-do-norte/t/servidores-publicos.

 

No dia 30 de junho, a juíza da Comarca do município, Lina Marie Cabral, determinou que a prefeitura divulgue no Portal da Transparência, a relação de todos os servidores públicos efetivos, temporários e comissionados, bem como a remuneração de cada um, em razão de denúncia de nepotismo.

 

De acordo com o prefeito, a ação judicial impetrada pelo advogado Gilson da Costa Paiva tem caráter "politiqueiro" do grupo de oposição.

 

"Os atos da nossa gestão estão todos publicados no Porto da Transparência há muito tempo e, também, disponíveis no Diário Oficial", destacou o prefeito Adenilson Reis. “A nossa administração sempre foi pautada pela transparência e tem o apoio popular. Isso incomoda a oposição, mas não vai nos tirar do prumo”, arrematou Adenilson Reis.

 

Segundo o prefeito, Gilson da Costa Paiva é sobrinho do ex-vice-prefeito de Nova Olinda, Manoel Paiva, que faz parte do grupo político de oposição da atual administração.

 

Ainda de acordo com Adenilson, o advogado também é irmão da biomédica Gilce da Costa Paiva, que teve o laboratório lacrado, em Nova Olinda, pela Divisão de Vigilância Sanitária (Devisa) municipal atendendo determinação do órgão estadual, por funcionar de forma irregular sem licença do Departamento de Vigilância em Saúde estadual.

 

O advogado denunciou à Justiça que Adenilson Reis e o vice Noé, empregavam familiares em cargos de secretários e alto escalão da Prefeitura. 

 

Segundo Adenilson, desde quando aconteceu esse episódio, o grupo de oposição tenta de todas as formas desestabilizar a administração. O prefeito disse que as informações repassadas a Justiça pelo advogado são falsas.

 

“Estamos em um ano político e sabe-se que muitas denúncias infundadas serão feitas com finalidade politiqueira. Mas estamos tranquilos porque o nosso trabalho é feito com muita transparência”, explicou o prefeito.

 

A juíza Lina Marie atendeu, parcialmente, de Gilson da Costa Paiva e disse que “a ausência de informação a população viola frontalmente o princípio da publicidade que deve nortear a Administração Pública.  

Sobe Catracas

ARLINDO NETO, cantor

Estreou em grande estilo, em apresentação solo, seguindo legado do pai

Desce Catracas

DELEGADO PABLO OLIVA, deputado federal

Investigado por usar mãe e irmão como laranjas em suposto esquema de corrupção