Sexta, 10 de julho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 29/06/2020

Juiz marca para o dia 24 de julho leilão de parte da Cidade Garantido

Presidente do Garantido, Fábio Cardoso, disse que irá recorrer em todas as instâncias

Juiz marca para o dia 24 de julho leilão de parte da Cidade Garantido Cidade Garantido, em Parintins (Foto: Reprodução/Internet)

DEAMAZÔNIA PARINTINS, AM - O juiz da 1ª Vara do Trabalho de Manaus, Djalma Monteiro de Almeida, coordenador do Núcleo de Apoio à Execução e Cooperação Judiciária e da Seção de Hastas Públicas do TRT da 11ª Região, marcou para o dia 24 de julho, às 9h30, o leilão de parte da Cidade Garantido, curral do boi-bumbá Garantido, localizada na Estrada Odovaldo Novo, em Parintins.

 

A determinação é que o leilão, motivado por dívidas trabalhistas, seja realizado de maneira, exclusivamente, online [em razão da pandemia do novo coronavírus], pela plataforma www.amazonasleiloes.com.br.

 

Parte do imóvel, avaliado em R$ 2,6 milhões, poderá receber o lance inicial de R$ 1,3 milhões. Até agora há 612 pessoas habilitadas a participar.

 

Em Nota de Esclarecimento, divulgada nesta segunda-feira (29), o presidente da Associação Folclórica Boi-Bumbá Garantido, Fábio Cardoso, disse que irá “recorrer em todas as instâncias cabíveis para que a hasta pública, marcada para o dia 24 de julho, não ocorra”.

 

Ainda em Nota, o presidente da agremiação folclórica afirmou que desde 2018, o Garantido realizou mais de R$ 1,3 milhão em acordos na Justiça do Trabalho, sendo que ainda restam cerca de R$ 2,2 milhões a serem sanados.

 

Fábio Cardoso disse que as dívidas trabalhistas serão pagas assim que o bumbá receber as cotas de patrocínio para o Festival de Parintins. VEJA O DOCUMENTO file:///C:/Users/usuario/Downloads/20200628045424EDITAL_03_-_JULHO_-_IM_VEIS_-_24.pdf

 

Nota de Esclarecimento

A Associação Folclórica Boi-Bumbá Garantido comunica a todos os seus torcedores e sócios que irá recorrer as todas instâncias cabíveis para que a hasta pública marcada para o dia 24 de julho, não ocorra. Desde 2018, o Garantido honrou mais de R$ 1,3 milhão em acordos na Justiça do Trabalho, sendo que ainda restam cerca de R$ 2,2 milhões a serem sanados.

 

Perante a Nação Vermelha e Branca e amantes do Festival de Parintins, ressaltamos que nossa Diretoria Jurídica já esta trabalhando nos  recursos necessários para impedir toda e qualquer perda patrimonial.

 

A agremiação ressalta porém, a necessidade de cumprimento das demais obrigações junto a Justiça do Trabalho, assim logo receba as cotas de patrocínio para o Festival de Parintins, como ocorre anualmente. 

 

Atenciosamente,

Fábio Cardoso

Presidente do Boi Garantido

 

Sobe Catracas

WILSON JÚNIOR, bailarino e coreógrafo

Amazonense leva para o Brasil a cultura do estado com projeto de oficinas de danças afro-americanas e boi-bumbá

Desce Catracas

ADAIL FILHO, prefeito de Coari

Afroxou medidas de prevenção a Covid-19 e Coari é o município do interior do Amazonas mais infectado, com o dobro de casos de Manacapuru