Domingo, 12 de julho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 28/06/2020

Ministro da Educação pode ter seu mestrado cassado pela FGV

Carlos Alberto Decotelli é suspeito de ter cometido plágio

Ministro da Educação pode ter seu mestrado cassado pela FGV (Foto © Marcello Casal Jr/Agência Brasil/03/07/2019 /Arquivo)

Por Cida de Oliveira, da Rede Brasil Atual – Pelo que tudo indica, o episódio do doutorado fake do novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, terá novos capítulos. Seu mestrado pela Fundação Getulio Vargas, conforme seu currículo, está sob suspeita de plágio. A suspeita foi levantada neste sábado (27) pelo professor Thomas Conti e a instituição já avisou que vai investigar o caso.

 

Dependendo do que for apurado, e for mesmo constatado o plágio, o ministro Decotelli perderá seu título. E sem o título de mestre, seu suposto doutorado também ficaria em xeque.

 

“Aparentemente o novo ministro da Educação incorreu no tipo de plágio parcial, que apesar de sua parcialidade, poderia ser motivo de anulação do seu título de mestre pela FGV, caso alguém de dentro ou de fora da instituição decida solicitar uma apuração formal do caso”, afirmou o professor e pesquisador da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), Marcos Pedlowski.

 

De acordo com ele, que lecionou durante muitos anos uma disciplina chamada Fundamentos da Metodologia da Pesquisa, um dos itens abordados em sala de aula se referia aos problemas legais e acadêmicos decorrentes da prática de plágio.

Leia mais em Brasil 247

Sobe Catracas

WILSON JÚNIOR, bailarino e coreógrafo

Amazonense leva para o Brasil a cultura do estado com projeto de oficinas de danças afro-americanas e boi-bumbá

Desce Catracas

HERIVÂNEO VIEIRA, prefeito de Humaitá

MP/AM denunciou ele na Justiça por usar páginas oficiais da Prefeitura para fazer propaganda pessoal