Sexta, 10 de julho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 24/06/2020

Governo do Amazonas reforça assistência social de Manacapuru com recurso de R$ 1 milhão

Houve a entrega de cartões atualizados do programa “Apoio Cidadão”, a 1.278 famílias

Governo do Amazonas reforça assistência social de Manacapuru com recurso de R$ 1 milhão Governo do Amazonas reforça assistência social de Manacapuru com recurso em torno de R$ 1 milhão (Fotos: Miguel Almeida/Seas)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O Governo do Amazonas está beneficiando o município de Manacapuru com recursos da ordem de R$ 1 milhão na área da assistência social à população em situação de vulnerabilidade. Esta medida representa uma resposta imediata, especialmente, nesse momento de pandemia provocada pela Covid-19.

 

Em mais uma ação presencial determinada pelo governador Wilson Lima, a Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas) esteve na “Terra das Cirandas”. A atividade ocorreu na manhã desta quarta-feira, 24 de junho, mais precisamente na Escola Estadual André Vidal de Araújo, sendo realizada em conjunto com a Prefeitura de Manacapuru via Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas).

 

Segundo a secretária executiva da Seas, Michelle Bessa, houve a entrega de cartões atualizados do programa “Apoio Cidadão”, que alcançou um total de 1.278 famílias e injetou R$ 766.800,00 na economia de Manacapuru, incrementando o comércio. A gestora informou ainda sobre a liberação de R$ 212.950,68 do cofinanciamento estadual da assistência social para o município e a doação para a Semas de 500 máscaras de tecido e 100 frascos de álcool em gel para ajudar na prevenção ao novo coronavírus.

 

“São 800 mil reais fomentando Manacapuru, além do cofinanciamento estadual, onde o município recebeu 212 mil reais, totalizando em torno de 1 milhão de reais para o município”, disse a secretária executiva, a qual ressaltou o  impacto social e econômico do “Apoio Cidadão” junto com o cofinanciamento.

 

Ela destacou que o objetivo do “Apoio Cidadão” é garantir segurança alimentar e prevenir a disseminação da Covid-19, especialmente na população mais vulnerável. O cartão de auxílio emergencial deu aos beneficiários selecionados a partir do Cadastro Único o direito de receber três parcelas de R$ 200, referentes aos meses de abril, maio e junho.

 

Parceria

Na capital, a entrega dos cartões foi realizada exclusivamente pelos Correios e o prazo foi esgotado no dia 14 de junho, conforme estabeleceu o Decreto Estadual n° 42.176, de 8 de abril de 2020. No interior, a logística coube às prefeituras via secretarias municipais de Assistência Social. O titular da Semas, Rosinaldo Moura, representou o prefeito Beto D’Angelo na solenidade.

 

“O prefeito Beto D’Ângelo tem se preocupado com as famílias em vulnerabilidade social em meio a essa pandemia, mas o que é bom é que Governo do Estado não tem se esquecido de Manacapuru. Hoje, nós fomos contemplados com a entrega desses cartões. E nós glorificamos a Deus porque com certeza famílias vão estar recebendo um cartão com 600 reais e famílias vão poder fazer suas compras e vão poder diminuir as suas necessidades”, exaltou o secretário Rosinaldo Moura.

 

Gravidez e gratidão

Grávida de cinco meses, Ana Marta Rodrigues, 28, é uma das contempladas pelo programa “Apoio Cidadão” em Manacapuru. Ela disse que o auxílio emergencial representa muito para a sua família, uma vez que já tem uma filha e o marido se encontra sem trabalho por conta da pandemia.

 

Preocupada com o futuro, pois essa é uma situação nunca vivida anteriormente, Ana fala que, apesar de sentir insegurança, considera-se privilegiada porque não perdeu parentes em decorrência da Covid-19. Com o auxílio total de R$ 600, ela vai comprar produtos para o seu bebê a fim de garantir que ele fique protegido.

 

“Vou até comprar umas coisas para o meu bebê para poder guardar porque a gente não sabe como vai ficar essa situação. Então, eu vou estar   guardando aqui para o meu filho que está chegando. Eu quero agradecer muito por essa ajuda, que é muito bem-vinda para muitas pessoas que estão nessa situação crítica. Financeiramente vai ajudar o sustento da minha família”.

Sobe Catracas

WILSON JÚNIOR, bailarino e coreógrafo

Amazonense leva para o Brasil a cultura do estado com projeto de oficinas de danças afro-americanas e boi-bumbá

Desce Catracas

ADAIL FILHO, prefeito de Coari

Afroxou medidas de prevenção a Covid-19 e Coari é o município do interior do Amazonas mais infectado, com o dobro de casos de Manacapuru