Domingo, 12 de julho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 24/06/2020

Prefeitura de Manaus retoma credenciamento de leiloeiros oficiais

Os interessados deverão entregar o pedido de credenciamento e a documentação, no período de 6 a 13/7, na sede da Semad.

Prefeitura de Manaus retoma credenciamento de leiloeiros oficiais Prefeitura de Manaus retoma credenciamento de leiloeiros oficiais (Fotos – Arquivo / Semcom)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM- A Prefeitura de Manaus retomou o processo de credenciamento de leiloeiros oficiais para a realização de leilões de bens imóveis desafetados e móveis inservíveis pertencentes ao município. O aviso de restabelecimento foi publicado na edição nº 4.866, do Diário Oficial do Município (DOM), desta terça-feira, (23/6).  

 

Os interessados deverão entregar o pedido de credenciamento e a documentação exigida, no período de 6 a 13/7, na sede da Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), gestora do patrimônio municipal, na avenida Compensa, 770, Vila da Prata, zona Oeste, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h. O edital está disponível no endereço http://semad.manaus.am.gov.br

 

Pela prestação de serviços, os leiloeiros credenciados receberão comissão de 5%, para bens móveis, e 3% para bens imóveis, calculada sobre o valor de venda de cada bem. A validade do credenciamento é de 12 meses, podendo ser renovado pelo mesmo período.  

 

De acordo com subsecretária de Gestão de Processos da Semad, Renata Bentes, a medida cumpre o Decreto Municipal nº 4.458/2019, que trata do programa “Responsabilidade com Manaus”. “O papel da Semad é reavaliar os móveis desativados da prefeitura e promover a alienação, mediante leilão, tendo em vista a otimização do uso dos móveis ativos”, destacou.

 

Impedimento

 

O edital prevê o impedimento de participação dos leiloeiros que estejam cumprindo penalidade de suspensão temporária aplicada pela Comissão de Ética e Disciplina nas Licitações e Contratos ou que tenham sofrido penalidades com declaração de inidoneidade por qualquer órgão.

 

Também estão impedidos de participar os leiloeiros que tenham sido destituídos, suspensos do exercício da função ou que possuam vínculo com a administração pública, como político, servidor, entre outros.

 

Sobe Catracas

WILSON JÚNIOR, bailarino e coreógrafo

Amazonense leva para o Brasil a cultura do estado com projeto de oficinas de danças afro-americanas e boi-bumbá

Desce Catracas

HERIVÂNEO VIEIRA, prefeito de Humaitá

MP/AM denunciou ele na Justiça por usar páginas oficiais da Prefeitura para fazer propaganda pessoal