Sexta, 10 de julho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 23/06/2020

Câmara de Nhamundá evita dar posse a suplente, após licença de vereador

Alessandra Fernandes, a nova vereadora de Nhamundá, ingressou com pedido de posse

Câmara de Nhamundá evita dar posse a suplente, após licença de vereador Professora Alessandra Fernandes

Matéria atualizada às 9h17 - 23/6

DEAMAZÔNIA NHAMUNDÁ, AM - 13 dias após o vereador Geraldo Bindá pedir licença da cadeira no parlamento para assumir o Idam em Nhamundá, e a Câmara do Município não adotou nenhuma medida para convocar a suplente Alessandra Fernandes (MDB). Alessandra é professora em Nhamundá.

 

Ontem (22/6), Alessandra Fernandes enviou ofício ao presidente da Casa, Arthur Paulain, cobrando a sua posse conforme manda o artigo 20, do regimento interno da Câmara de Nhamundá. O regimento dá um prazo de três dias para a posse do suplente.

 

O presidente da Câmara Arthur Paulain disse agora a pouco que encaminhou ofício à Justiça Eleitoral solicitando informações sobre a posse da suplente e que aguardava orientações da Corte Eleitoral. 

 

Veja os documentos encaminhados por Alessandra à Câmara:

Sobe Catracas

WILSON JÚNIOR, bailarino e coreógrafo

Amazonense leva para o Brasil a cultura do estado com projeto de oficinas de danças afro-americanas e boi-bumbá

Desce Catracas

ADAIL FILHO, prefeito de Coari

Afroxou medidas de prevenção a Covid-19 e Coari é o município do interior do Amazonas mais infectado, com o dobro de casos de Manacapuru