Quarta, 08 de julho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 28/05/2020

Embaixador dos EUA destaca ações da Prefeitura de Manaus no combate à Covid-19

Doação da Embaixada foi possível devido a campanha internacional “SOS Amazônia”, lançada pelo prefeito Arthur Neto, em razão da pandemia

Embaixador dos EUA destaca ações da Prefeitura de Manaus no combate à Covid-19 Prefeitura recebe doações da Embaixada dos Estados Unidos (Fotos – Divulgação/Casa Militar)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman, elogiou as ações da Prefeitura de Manaus e a atuação dos profissionais de saúde do município no enfrentamento ao novo coronavírus. O reconhecimento aconteceu durante uma cerimônia virtual, promovida pela Embaixada dos EUA, na tarde desta quarta-feira, 27/5, para comemorar a doação de equipamentos de proteção individual (EPI) à Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e à Casa Militar do município.

 

“A administração de Manaus está fazendo um grande esforço para combater esse inimigo invisível, que tem causado a morte de tantas pessoas pelo mundo. Um trabalho que envolve a todos da prefeitura, principalmente os profissionais de saúde, que estão na linha de frente dessa ‘guerra’, arriscando a própria vida, para proteger a população da cidade. É uma honra para nós, podermos contribuir de alguma forma”, destacou o embaixador.

 

Para o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, a campanha internacional “SOS Amazônia”, lançada por ele e que ganhou força com o engajamento da ativista ambiental Greta Thunberg, foi fundamental para atrair a atenção de países mais ricos sobre as necessidades da região.

 

“Sou muito grato pela ajuda, por toda e qualquer auxílio que nos possibilite ampliar nossas ações e salvar vidas. Manaus saiu do pico, mas o cenário ainda é preocupante quanto a um novo surto de contágio entre a população e uma nova onda de casos. Além disso, o avanço do vírus tem se dado de forma rápida no interior, onde a capacidade de defesa é ainda menor que a de Manaus”, disse Virgílio.

 

A doação de suprimentos incluiu luvas, máscaras N-95, aventais, batas e outros equipamentos de proteção individual, como contribuição do governo dos EUA, destinada a reduzir os efeitos da pandemia da Covid-19 no Brasil e na região amazônica.  O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, e o subsecretário da Casa Militar da Prefeitura de Manaus, Thiago Balbi, participaram do encontro virtual, representando a prefeitura.

 

Na ocasião, Marcelo Magaldi fez um resumo das principais ações coordenadas pelo prefeito Arthur Neto, para conter o avanço do novo vírus em Manaus. Segundo ele, é possível observar uma melhora no quadro geral de infectados e de óbitos na cidade, mas isso não significa que a batalha esteja vencida. “Muito nos preocupa a possibilidade de uma segunda onda de contaminados, a partir da retomada das atividades não essenciais. A história nos dá como exemplo a gripe espanhola, que dizimou milhões de pessoas em todo o mundo e teve, em sua segunda onda, a mais contagiosa, provocando os maiores índices de mortalidade”, lembrou Magaldi. “Precisamos manter a vigilância e não baixar a guarda. Embora nossa rede esteja melhor preparada e nossos profissionais mais experientes no trato com essa doença, não podemos correr riscos”, finalizou.

 

O secretário agradeceu a colaboração da Embaixada dos EUA no Brasil, principalmente em razão das dificuldades que o município enfrenta, não só em termos de logística, em razão da localização da cidade, em meio à Floresta Amazônica, mas também pela falta de material nos fornecedores, por conta da grande demanda.

 

O subsecretário da Casa Militar, Thiago Balbi, destacou a importância do material recebido, que está sendo utilizado pela Secretaria Executiva de Proteção e Defesa Civil de Manaus (Sepdec). “Externamos nosso agradecimento à Embaixada americana pela doação dos kits de equipamentos de proteção individual, que são importantes complementos nas atividades de nossos servidores, nas ações da Defesa Civil, que continua atuando plenamente neste período de pandemia. Ainda estamos em um período de chuvas em Manaus, de cheia nos rios e registrando diversas ocorrências. Nesse âmbito, nossos servidores da Defesa Civil acabam indo à rua, em contato direto com a nossa população, que mora em áreas de risco”, ressaltou.

 

Segundo Balbi, como o órgão está entre as secretarias municipais essenciais em funcionamento desde o início da pandemia na cidade de Manaus, parte do material doado foi repassado, também, para as atividades do Comando da Guarda Municipal.

 

“A Guarda está auxiliando diretamente nos serviços das secretarias municipais de saúde, limpeza pública e de assistência social, além de representar grande reforço nos locais onde acontece a Campanha de Vacinação contra a Influenza em nossa cidade, principalmente na organização e segurança do modelo drive-thru, que foi usado no início pela Semsa, para vacinar as pessoas de mais de 60 anos”, frisou o subsecretário.

 

Sobe Catracas

WILSON JÚNIOR, bailarino e coreógrafo

Amazonense leva para o Brasil a cultura do estado com projeto de oficinas de danças afro-americanas e boi-bumbá

Desce Catracas

ADAIL FILHO, prefeito de Coari

Afroxou medidas de prevenção a Covid-19 e Coari é o município do interior do Amazonas mais infectado, com o dobro de casos de Manacapuru