Segunda, 23 de novembro de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 23/05/2020

Parque das Tribos recebe 300 cestas básicas da campanha #ManausSolidária

Com 700 famílias de 35 etnias, a comunidade foi beneficiada após triagem realizada pelo Fundo Manaus Solidária

Parque das Tribos recebe 300 cestas básicas da campanha #ManausSolidária Entrega de 300 cestas básicas para parque das tribos (Foto: Karla Vieira/ Manaus Solidária)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - A comunidade Parque das Tribos, no Tarumã, zona Oeste de Manaus, foi mais uma localidade a ser atendida pelas doações de cestas básicas feitas pela Prefeitura de Manaus. Nesta sexta-feira (22/5), 300 cestas básicas foram entregues pelo Fundo Manaus Solidária, que coordena a campanha #ManausSolidária, responsável pela arrecadação do material. As doações arrecadadas por meio do drive-thru solidário, montado no estacionamento da Prefeitura de Manaus, na avenida Brasil, Compensa, são doadas a famílias, comprovadamente, em risco social.

 

Com 700 famílias de 35 diferentes etnias, a comunidade Parque das Tribos foi contemplada após triagem realizada pelo Fundo Manaus Solidária, em parceria com uma comissão formada por lideranças indígenas residentes na comunidade. Cacique da área, Miquéias Moreira Kokama informou que recebeu um grupo de famílias indígenas pedindo ajuda, porque não tinha o que comer em casa. Sensível à situação dos moradores, ele buscou o Fundo Manaus Solidária e de pronto foi atendido com a doação.

“Muitos indígenas da comunidade trabalham com artesanato e, devido a pandemia, não estão trabalhando. Outros trabalham no comércio e também não podem trabalhar. A comunidade, como um todo, fica muito grata e feliz por essa ação. Recebemos essas doações e, assim como fazemos sempre, nossa comissão, formada por 30 mulheres que trabalham voluntariamente, fará a entrega casa a casa, para evitar aglomerações e contaminações. Gratidão ao prefeito Arthur Neto, que está lado a lado com a comunidade do Parque das Tribos”, afirmou.

 

Presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro reforçou o convite para que mais pessoas, empresas e entes públicos participem da campanha #ManausSolidária com doações, permitindo com que mais pessoas em situação de vulnerabilidade social sejam atendidas. “Montamos um drive-thru no estacionamento da prefeitura, onde as doações podem ser entregues de segunda a sexta-feira, de 9h às 13h.

Muitas pessoas têm aderido e muitas empresas também têm nos procurado. Essa corrente de solidariedade é indispensável. Nosso desejo é atender muito mais pessoas, por isso fica o convite para que mais e mais pessoas solidárias participem da campanha #ManausSolidária”, convidou.

 

As cestas básicas entregues na comunidade, bem como as demais que estão sendo doadas nas demais zonas da cidade, são todas resultado da mobilização realizada por meio da campanha #ManausSolidária.

 

Doação

A campanha #ManausSolidária arrecada a doação de bens de primeira necessidade – roupas, calçados, gêneros alimentícios, itens de higiene pessoal e material de limpeza – para pessoas em situação de vulnerabilidade social; produtos e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e ainda recursos financeiros para serem aplicados no hospital de campanha municipal Gilberto Novaes, na zona Norte.

 

As doações físicas podem ser entregues diretamente no drive-thru solidário montado no estacionamento da sede da Prefeitura de Manaus, de 9h às 13h, de segunda a sexta-feira, e as doações em dinheiro podem ser feitas no Banco do Brasil, agência: 3563-7; conta-corrente: 10.483-3 PMM/Doação Covid-19. O CNPJ é 04.365.326/0001-73. O acompanhamento de toda a movimentação bancária estará disponível nos sites www.manaussolidaria.org e https://covid19.manaus.am.gov.br

Sobe Catracas

ERLON ROCHA, vereador eleito de Santarém

Empresário do ramo naval foi o vereador mais votado, em Santarém (PA), obtendo 4.397 mil votos.

Desce Catracas

ELIANA AMORIM, prefeita de Pauini

Mesmo proibido pela Lei Eleitoral, prefeita inicia demissão em massa de funcionários, em retaliação, após derrota na eleição