Sexta, 05 de junho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 22/05/2020

Edital para divulgação de micro e pequenas empresas é prorrogado

A prefeitura de Manaus prorrogou para a próxima quinta-feira, 28/5, as inscrições do projeto "Vitrine Empreendedora"

Edital para divulgação de micro e pequenas empresas é prorrogado Prefeitura de Manaus

Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi) e do Escritório do Empreendedor, prorroga até a próxima quinta-feira, 28/5, as inscrições para o edital do projeto "Vitrine Empreendedora", voltado para divulgação de micro e pequenas empresas do município.

 

Parte do programa "Manaus Mais Empreendedora", o edital tem por objetivo promover a divulgação dos negócios de micro e pequenos empreendedores com dificuldades de adaptação ao momento de crise causado pela pandemia do novo coronavírus, causador da Covid-10.

 

Os empreendedores que inscreverem seus negócios no projeto vão receber um pacote de divulgação em uma das redes oficiais da Semtepi. O pacote é formado por duas postagens nos stories (do Instagram), uma postagem falando sobre o negócio e a exibição de um vídeo gravado pelo próprio empreendedor.

 

Para participar, os interessados devem acessar o portal da secretaria (semtepi.manaus.am.gov.br/) até a próxima quinta-feira, 28, baixar o edital e em seguida preencher o Formulário do Google no link https://forms.gle/7aCVbKDAjB8EMWsU7.

 

Já na inscrição o candidato deve anexar sua logomarca nos formatos PNG ou PDF, junto a um vídeo falando do seu próprio negócio, que será utilizado para divulgação. É importante lembrar que a inscrição não garante a participação no projeto. A divulgação do resultado será realizada no dia 14/6, a partir das 14h, no site da Semtepi.

Sobe Catracas

RODRIGO FERNANDES, escritor paraense

Natural de Santarém, venceu concurso da Academia Paraense de Letras e Artes e obra dele ficou em 1º lugar na categoria 'Melhor Livro'

Desce Catracas

ALFREDO MENEZES, ex-superintendente da Suframa

Foi demitido após 1 ano e 3 meses à frente da autarquia, que enfrenta a por crise da história