Sábado, 06 de junho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 21/05/2020

Conselho de Cidadão de Maués presta homenagem a Emerson Negreiros

Advogado e ex-delegado morreu em Manaus, nesta quarta (20), vítima de Covid-19

Conselho de Cidadão de Maués presta homenagem a Emerson Negreiros Advogado e ex-delegado da Polícia Civil, Emerson de Almeida Negreiros

DEAMAZÔNIA MAUÉS, AM – O Conselho de Cidadão de Maués (Concima), prestou homenagem, nesta quinta-feira (21/5), ao advogado e ex-delegado da Polícia Civil, Emerson de Almeida Negreiros, de 45 anos, morreu nesta quarta-feira (20/5), vítima de coronavírus, em Manaus. Ele era natural de Maués, em membro do Concima, organização não governamental criada em 2005, para fiscalizar recursos ao município.

 

O Concima divulgou Nota de Pesar pelo falecimento do advogado. Segundo a Nota, ele passou 22 dias internado na UTI do Hospital João Lúcio, em Manaus, e um quadro grave de coronavírus, não resistiu e veio a óbito, nesta quarta (20).

 

“Emerson Negreiros sempre foi orgulho de seus conterrâneos da "Terra do Guaraná" [Maués]. Nunca deixou de ser humilde. Era muito sério, pois sempre lutou pela Justiça! Fazia questão  de estar presente nos acontecimentos em sua cidade natal [...] A traiçoeira doença Covid-19 levou os sonhos do jovem!”, diz trecho da nota da Concima.

 

Negreiros atuou como titular na extinta Delegacia Especializada de Combate às Galeras, além de trabalhar como plantonista em várias delegacias da capital. Comandou o Departamento de Polícia Metropolitana, e já há algum tempo foi levado à função de presidente interino da Associação dos Delegados de Polícia do Amazonas (Adepol). Era especialista em Direito Penal e Processo Penal, além de possuir  especialização em Segurança Pública e Direitos Humanos.

 

Ele era casado com Elen Leite de Lima e deixa um casal filhos e um enteado.

VEJA A NOTA NA ÍNTEGRA

Sobe Catracas

RODRIGO FERNANDES, escritor paraense

Natural de Santarém, venceu concurso da Academia Paraense de Letras e Artes e obra dele ficou em 1º lugar na categoria 'Melhor Livro'

Desce Catracas

ALFREDO MENEZES, ex-superintendente da Suframa

Foi demitido após 1 ano e 3 meses à frente da autarquia, que enfrenta a por crise da história