Sexta, 05 de junho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 20/05/2020

Em reunião de governadores, Wilson alinha pauta que será debatida com Bolsonaro

Reunião de governadores com presidente será nesta quinta (21)

Em reunião de governadores, Wilson alinha pauta que será debatida com Bolsonaro Governador Wilson Lima participou de reunião remota (FOTO Maurílio Rodrigues-Secom)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O governador Wilson Lima participou, nesta quarta-feira (20/05), de reunião de alinhamento do Fórum de Governadores para discutir as pautas da audiência com o presidente Jair Bolsonaro, agendada para amanhã (21/05). Durante a videoconferência, Wilson Lima defendeu uma convergência em torno dos assuntos que serão abordados no encontro, como o apoio do Governo Federal aos estados e as estratégias para a retomada gradual das atividades econômicas.

 

O Fórum de Governadores é um grupo criado para discutir temas de interesse comum às unidades da federação. Em decorrência da pandemia do novo coronavírus, respeitando as medidas de isolamento social, as reuniões estão sendo realizadas por videoconferência. Participaram do encontro desta quarta-feira representantes de 18 estados, entre eles os governadores João Doria, de São Paulo; Helder Barbalho, do Pará; e Wellington Dias, do Piauí.

Na ocasião, Wilson Lima destacou a necessidade de apoio federal para que os estados ampliem a testagem da população. Ele disse que o Ministério da Saúde tem atendido a demandas do Estado, e que um suporte a mais será bem vindo para que o Amazonas tenha condições de melhor identificar a evolução da Covid-19.

 

“Naturalmente, estamos fazendo os testes para saber aquelas pessoas que têm algum sintoma de coronavírus ou não, só que há muita subnotificação. Há pessoas que têm ou tiveram o coronavírus e não apresentam nenhum sintoma. Então, não sabemos exatamente, como por exemplo, aqui em Manaus, quantas pessoas já foram imunizadas ou pegaram o coronavírus”, acrescentou.

 

Segundo o governador do Amazonas, dados mais precisos sobre as infecções por coronavírus são essenciais para embasar as decisões no âmbito dos estados. “Então, é preciso ter muita cautela com relação a isso, para que a gente, de repente, não tenha uma segunda onda, que pode ser pior que a primeira, e a gente precisa ter essas garantias”, finalizou Wilson Lima.

 

Sobe Catracas

RODRIGO FERNANDES, escritor paraense

Natural de Santarém, venceu concurso da Academia Paraense de Letras e Artes e obra dele ficou em 1º lugar na categoria 'Melhor Livro'

Desce Catracas

ALFREDO MENEZES, ex-superintendente da Suframa

Foi demitido após 1 ano e 3 meses à frente da autarquia, que enfrenta a por crise da história