Sexta, 29 de maio de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 08/05/2020

Presidente do STJ livra Bolsonaro de entregar exames de covid-19

Jornal Estadão havia obtido, nas 1ª. e 2ª instâncias, direito de ter acesso aos laudos

Presidente do STJ livra Bolsonaro de entregar exames de covid-19 João Otávio de Noronha, presidente do STJ

DEAMAZÔNIA BRASÍLIA – Na noite desta sexta-feira (08/5), o ministro João Otávio de Noronha, presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), anulou a obrigatoriedade de o presidente Jair Bolsonaro [sem partido] entregar o seu exame da covid-19. A informação é do Jornal o Estado de São Paulo.

 

A pedido do Estadão, a Justiça Federal de São Paulo e o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) determinaram que Bolsonaro torna-se público os exames.

 

A AGU ( Advocacia-Geral da União) recorreu ao STJ que derrubou decisão da 1ª e 2ª instâncias. Bolsonaro disse que não testou positivo para o coronavírus, mas se recusa mostrar os laudos.

 

Se os laudos vierem confirmar que o presidente mentiu, Bolsonaro poderá ter cometido crime de responsabilidade, que resultaria na abertura de um processo de Impeachment.

Sobe Catracas

PAULO BARRUDADA, empresário

Fez parceria com a Hemopa, oferecendo diárias grátis em hotel, a doadores de sangue de Santarém, visando incentivar aumento de bolsas

Desce Catracas

BETO D'ÂNGELO, prefeito de Manacapuru

Afrouxou em medidas restritivas e não decretou lockdown, mesmo cidade tendo mais de 2 mil casos de covid-19 e 84 mortes.