Terça, 22 de setembro de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 08/05/2020

Presidente do STJ livra Bolsonaro de entregar exames de covid-19

Jornal Estadão havia obtido, nas 1ª. e 2ª instâncias, direito de ter acesso aos laudos

Presidente do STJ livra Bolsonaro de entregar exames de covid-19 João Otávio de Noronha, presidente do STJ

DEAMAZÔNIA BRASÍLIA – Na noite desta sexta-feira (08/5), o ministro João Otávio de Noronha, presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), anulou a obrigatoriedade de o presidente Jair Bolsonaro [sem partido] entregar o seu exame da covid-19. A informação é do Jornal o Estado de São Paulo.

 

A pedido do Estadão, a Justiça Federal de São Paulo e o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) determinaram que Bolsonaro torna-se público os exames.

 

A AGU ( Advocacia-Geral da União) recorreu ao STJ que derrubou decisão da 1ª e 2ª instâncias. Bolsonaro disse que não testou positivo para o coronavírus, mas se recusa mostrar os laudos.

 

Se os laudos vierem confirmar que o presidente mentiu, Bolsonaro poderá ter cometido crime de responsabilidade, que resultaria na abertura de um processo de Impeachment.

Sobe Catracas

ORMY DA CONCEIÇÃO BENTES, desembargadora do AM

Magistrada foi eleita presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT11), para biênio 2020/2022

Desce Catracas

CHICO COSTA, ex-prefeito de Carauari

TCE-AM multou o ex-prefeito em R$134,6 mil por convênio irregular firmado com a Seduc em 2014