Segunda, 23 de novembro de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 04/04/2020

Governador do Amazonas manda prender quem desobedecer quarentena

Medida visa frear disseminação da covid-19, depois que Estado registrou casos acima da média nacional

Governador do Amazonas manda prender quem desobedecer quarentena Wilson Lima, governador do Amazonas

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC),  mandou a policia prender quem for encontrado descumprimento a quarentena, e não seguir as medidas de prevenção contra o coronavírus.

 

Wilson disse que assinara decreto ainda hoje (04) para que as forças de segurança intensifiquem a fiscalização nas ruas, com a orientação de deter pessoas e fechar e multar estabelecimentos comerciais não essenciais, que não estejam cumprindo com o decreto de distanciamento social, que proíbe a aglomeração de pessoas.

 

O Amazonas é um dos estados que poderá entrar no colapso em seu sistema de saúde nos próximos dias. São 311 casos com 12 mortos.

 

Nesta sexta(03), após serem confirmadas mais seis mortes, num único dia, Wilson gravou um vídeo pedindo que a população ficasse em casa.

 

Em novo boletim da saúde, divulgado neste sábado (04), o Amazonas registrou entre a noite de sexta até o início da tarxe de hoje 51 casos, somente na capital Manaus.      

       

TRANSPORTE

O governador também anunciou que vai proibir o transporte de passageiros em rodovias estaduais e federais do Amazonas, assim como já proibiu o transporte hidroviário de passageiros.

 

“Aqui no Amazonas nós fechamos as escolas e as aulas daqui estão sendo transmitidas através dos canais de TV aberta. Nós também fechamos os comércios e deixamos só aqueles de serviços essenciais. As embarcações estão proibidas de levar passageiros e nas próximas horas vou baixar um decreto para impedir também o transporte de passageiros em ônibus coletivos, táxis e lotação pelas nossas estradas federais e estaduais”, acrescentou o governador em entrevista para a CNN Brasil.

 

E justiticou: ‘tudo porque a situação é muito grave e se as pessoas não ficarem em casa, se a gente não limitar o trânsito dessas pessoas, os casos vão chegar com uma rapidez muito maior e comprometer mais ainda o sistema de saúde”, acrescentou Lima.

 

Sobe Catracas

ERLON ROCHA, vereador eleito de Santarém

Empresário do ramo naval foi o vereador mais votado, em Santarém (PA), obtendo 4.397 mil votos.

Desce Catracas

ELIANA AMORIM, prefeita de Pauini

Mesmo proibido pela Lei Eleitoral, prefeita inicia demissão em massa de funcionários, em retaliação, após derrota na eleição