Terça, 02 de junho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 04/04/2020

Governo do AM adquiriu duas câmaras frigoríficas para o Hospital Delphina Aziz

Susam afirma, em Nota, que containers refrigerados serão usados para manuseio de corpos de pessoas que venham a falecer vítimas da Covid-19

Governo do AM adquiriu duas câmaras frigoríficas para o Hospital Delphina Aziz Hospital Delphina Aziz (Foto: Divulgação/Google)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O Governo do Amazonas informou, na manhã deste sábado (4/3), por meio de Nota, que adquiriu duas câmaras frigoríficas (containers refrigerados), para manuseio de corpos de pessoas que venham a falecer vítimas da Covid-19.

 

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Susam) ficou definido que os corpos dos mortos por coronavírus, não ficarão no necrotério comum, e que por isso, serão “acondicionados em compartimento refrigerado, por segurança biológica e limitação de espaço”.

 

Ainda conforme a Nota, desde o início desta semana as câmaras frigoríficas estão instaladas no Hospital Delphina Aziz, referência no tratamento da doença, no estado.

 

“Um deles [containers] foi adquirido pelo hospital e instalado no meio da semana e um segundo foi doado por um empresário local, que será também disponibilizado no hospital”, afirma a Susam, em Nota.

 

De acordo com o esclarecimento, o procedimento segue todos os padrões de segurança já definidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

 

COLAPSO

 

O secretário de Saúde do Estado, Rodrigo Tobias, informou, em live nesta quinta-feira (1º) que a partir deste domingo (5/3), o sistema de saúde pública do Amazonas entraria em colapso, pelo aumento expressivo de casos do Coronavírus. Já são 260 casos confirmados, com 12 mortes.

 

Segundo Tobias o número de respiradores não é suficiente, para uma pandemia.

 

Na noite desta sexta-feira (3/4), o Ministério da Saúde enviou ao Amazonas 15 respiradores para o Hospital Delphina Aziz, por meio de avião da Força Aérea Brasileira.

Sobe Catracas

MARIA OLIVEIRA, prefeita de Ipixuna (AM)

Desde o inicío da pandemia, adotou 'hotel de quarentena' e barreiras sanitárias, e município segue sem casos confirmados de Covid-19

Desce Catracas

BETO NICOLAU, presidente da Samel

Após gesto de grandeza por tratar artistas em seu hospital Samel, apequenou-se em cobranças pessoais em Parintins