Quarta, 03 de junho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 02/04/2020

Em carta a Lupi, Stones Machado deixa o PTD, após 40 anos de militância

Divergência com Hissa Abrahão e após saída de Amazonino seriam motivos da desfiliação  

Em carta a Lupi, Stones Machado deixa o PTD, após 40 anos de militância Stones Machado

DEAMAZÔNIA MANUS, AM - O vice-presidente do PDT no Amazonas, Stones Machado, entregou uma carta, nesta quinta-feira (02/04), ao presidente nacional do partido, Carlos Lupi, informando a sua desfiliação.  

 

Na carta, Stones não justifica o motivo, mas nos bastidores seria conflitos e divergência com o atual presidente da legenda no Estado, o ex deputado federal, Hissa Abrahão. Também seria esse o motivo, do desligamento do partido, do ex-vice governador Amazonino Mendes.

 

Stones Machado estava há 40 anos filiado ao PDT.

 

“Dirijo-me aos companheiros para informar-lhes que próximo a completar 40 anos de única filiação e história partidária em nosso PDT, venho pedir a minha desfiliação do Partido Democrático Trabalhista (PDT) no estado do Amazonas”, escreveu.

 

“Agradeço a todos os companheiros (as) que fizeram parte desses anos de militância e ombrearam, junto comigo, nesta caminhada de muito carinho e respeito à historia desse partido”, acrescenta Machado, na carta de despedida.  

CARTA DE DESFILIAÇÃO 

    

Sobe Catracas

MARIA OLIVEIRA, prefeita de Ipixuna (AM)

Desde o inicío da pandemia, adotou 'hotel de quarentena' e barreiras sanitárias, e município segue sem casos confirmados de Covid-19

Desce Catracas

BETO NICOLAU, presidente da Samel

Após gesto de grandeza por tratar artistas em seu hospital Samel, apequenou-se em cobranças pessoais em Parintins