Sexta, 29 de maio de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 31/03/2020

Omar pede apoio do Senado para aprovar R$ 270 bilhões para pequenas e médias empresas

Proposta tem objetivo de proteger o empregador, postos de trabalho e manter o poder aquisitivo da população; Veja videoconferência

Omar pede apoio do Senado para aprovar R$ 270 bilhões para pequenas e médias empresas Senador Omar Aziz participou de videoconferência com lideranças do Senado (Reprodução/Video)

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - O senador Omar Aziz (PSD/AM), presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), no Congresso, pediu apoio ao presidente em exercício, do Senado Federal, Antônio Anastasia (PSD/MG), e as lideranças da Casa, para que o projeto de autoria dele – que irá disponibilizar empréstimo de R$ 270 bilhões para pequenas e médias empresas do setor privado, durante o período de pandemia do Coronavírus – seja aprovado, em Regime de Urgência.

 

Anastasia, preside as sessões virtuais, depois que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM/AP), entrou em quarentena após ser testado positivo para o coronavírus.  

 

Na sessão virtual do Senado, desta segunda-feira (30/3), Omar afirmou que o projeto tem o objetivo de proteger o empregador, os postos de trabalho e manter o poder aquisitivo do trabalhador brasileiro.

 

Segundo o senador, os empréstimos serão operacionalizados por meio dos bancos públicos: BNDS, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e demais instituições financeiras federais. Omar Aziz ressaltou ainda que o momento não é para se pensar em ajuste fiscal, e sim, em salvar pessoas.

 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o isolamento social, porém, é necessário que o Governo apresente alternativas para que a população não sofra tanto com os impactos econômicos que a pandemia do Coronavírus irá causar.

 

“A medida que estamos tomando é muito boa para as empresas que vão receber e para a informalidade, porque quem receber esse valor, compra da informalidade. Isso faz a economia girar”, disse o presidente da CAE, em videoconferência.

 

O senador afirmou ainda que trabalha junto aos demais líderes do Senado para que o projeto seja aprovado com a maior brevidade.  “Só vamos manter [os empregos] se eles [os trabalhadores] conseguirem receber seus salários, mas também não dá para estrangular as empresas. É necessário darmos condições para elas pagarem esses empregados, durante os meses do coronavírus”, afirmou.

ASSISTA A VÍDEOCONFERÊNCIA

Durante a sessão virtual do Senado Federal de hoje, falei a respeito do meu projeto que colocará R$ 270 bilhões, por...

Publicado por Omar Aziz em Segunda-feira, 30 de março de 2020

Sobe Catracas

PAULO BARRUDADA, empresário

Fez parceria com a Hemopa, oferecendo diárias grátis em hotel, a doadores de sangue de Santarém, visando incentivar aumento de bolsas

Desce Catracas

BETO D'ÂNGELO, prefeito de Manacapuru

Afrouxou em medidas restritivas e não decretou lockdown, mesmo cidade tendo mais de 2 mil casos de covid-19 e 84 mortes.