Terça, 02 de junho de 2020

DeAmazônia

MENU
Atualizado em 28/03/2020

Em dois dias, Governo atende 520 moradores de rua na Arena Amadeu Teixeira

Assistidos pela ação passam por triagem médica, banhos e refeições, além de receberem doações de itens de higiene pessoal e roupas

Em dois dias, Governo atende 520 moradores de rua na Arena Amadeu Teixeira Em dois dias, Governo do Amazonas atende 520 pessoas em situação de rua na Arena Amadeu Teixeira

DEAMAZÔNIA MANAUS, AM - As ações sociais do Governo do Amazonas de combate e prevenção ao coronavírus (Covid-19) para a população em situação de rua alcançaram, nesta quinta (26/03) e sexta-feira (27/03), 520 pessoas. Os atendimentos ocorrem no abrigo emergencial montado na Arena Amadeu Teixeira, na zona centro-sul de Manaus.

 

No espaço, coordenado pelas secretarias de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e de Assistência Social (Seas) e pelo Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), os assistidos recebem roupas, itens de higiene pessoal e têm acesso a banhos e refeições, além de passarem por uma triagem médica realizada por servidores da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam). 

De acordo com a secretária Caroline Braz, titular da Sejusc, o Governo do Amazonas está fazendo de tudo para que a população esteja segura e para que o coronavírus não se propague no estado.

 

“Essa é uma ação inédita no Estado do Amazonas. O Governo do Amazonas uniu suas secretarias do social, Sejusc, Seas e FPS, e a Defesa Civil também se uniu a nós para trazer suas equipes e realizar toda a administração da área. Hoje estaremos fazendo a desinfecção de toda a área externa do abrigo, por meio da Defesa Civil, que vai trazer seus caminhões para ajudar na limpeza. Nunca o Estado do Amazonas havia adotado uma postura tão ativa e feito uma ação exclusiva para essa população em situação de rua. Isso mostra o compromisso do governador Wilson Lima e do Governo do Estado com as pessoas que mais precisam”, destacou a secretária.

Sobre o abrigo emergencial, a titular da Sejusc reforça que o local é direcionado para a população em situação de rua que faz parte do grupo de risco para o coronavírus, que abrange idosos, gestantes, pessoas com doenças respiratórias e cardíacas.

 

Cleber Silva, um dos que foram atendidos no espaço, tomou banho, ganhou roupas e conseguiu se alimentar. Para ele, é muito importante o que o Governo do Amazonas está fazendo e também destaca que a medida ajuda a proteger toda população. “O que estão fazendo é uma maravilha, porque se um de nós [pessoas em situação de rua] pegar, todos os outros vão pegar também. É isso que eu imagino, porque estamos sempre agrupados”, afirmou, referindo-se ao coronavírus.

 

Apoio

Desde quarta-feira (25/03), quando foi aberto o abrigo emergencial, estão ajudando nos trabalhos as OSCs Movimento Comunitário Vida e Esperança; Lar Janell Doyle; Casa de Sara; Desafio Jovem de Manaus; Comunidade Nova Aliança; Centro de Formação Vida Alegre; Associação Mãos Amigas – AMA; Instituto de Ação Social Vida e Saúde do Amazonas (Iasvisam); Núcleo de Assistência a Criança e Família em Situação de Risco (Nacer); Centro de Referência Especializado para Pessoas em Situação de Rua (Centro Pop); Pastoral do Povo da Rua; Associação O Pequeno Nazareno (OPN); Arquidiocese de Manaus; Cáritas Arquidiocesana; Pastoral do Migrante; Inspetoria Santa Teresinha; Inspetoria Laura Vicuna; e Missão Vida.

 

Doações

De quarta-feira (25/03) a sexta-feira (27/03), 720 doações de voluntários individuais da sociedade civil foram entregues no abrigo. Além desta ajuda, os servidores do Estado que atuam no espaço contam com o apoio de Organizações da Sociedade Civil (OSCs) e também de empresas privadas.

 

Até esta sexta-feira (27/03), as empresas privadas que realizaram doações para o abrigo foram Bemol e TV Lar, que ofertaram centenas de colchões, e o Centro Universitário do Norte (UniNorte) e Pharmakos D’Amazônia, que produziram milhares de fracos com álcool em gel que serão doados às casas que desenvolvem trabalho social junto aos idosos e grupos em vulnerabilidade social.

 

O DB Supermercados doou 500 máscaras e 500 cestas básicas. Videolar-Innova S/A e Magistral doaram 6.500 tampas para embalagens de álcool em gel e 5 mil garrafas do tipo pet de 250 ml respectivamente.

Sobe Catracas

MARIA OLIVEIRA, prefeita de Ipixuna (AM)

Desde o inicío da pandemia, adotou 'hotel de quarentena' e barreiras sanitárias, e município segue sem casos confirmados de Covid-19

Desce Catracas

BETO NICOLAU, presidente da Samel

Após gesto de grandeza por tratar artistas em seu hospital Samel, apequenou-se em cobranças pessoais em Parintins